Cabelo abundante é símbolo de vitalidade e saúde masculina

0
53

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A calvície afeta duramente a satisfação do homem com a própria imagem corporal, a perda ou remoção do cabelo pode significar submissão ou perda da individualidade. A mudança radical da aparência é dolorosa e trata-se de uma questão ampla abrangendo a saúde corporal é emocional.
A sociedade atual conectada e familiarizada a publicação da imagem, produz uma ideia de aparência como um padrão vigente obrigatório, tomando formas: de único meio de percepção do outro sobre nós, de expressão de poder e atributo essencial a virilidade. No pacote aparência está todo universo estético: roupas, sapatos, adereços, tratamentos para pele, unhas e cabelo, e dentre esses, a perda de cabelo é temida por grande parte dos homens. Expondo a vaidade masculina a ações do tempo, fatores emocionais, comportamentais e genéticos. A perda de cabelo gera extremo desconforto, afetando a vaidade masculina e com isso sua virilidade, tornando o aspecto da aparência mais relevante, e com isso, mais temido.

Em um ciclo de renovação constante perde-se, em média por dia, de 100 a 150 fios de cabelos, portanto a perca de alguns fios de cabelo é normal. Há três classificações para queda de cabelo: a hereditária, a metabólica e a hormonal:

  • Hereditária são os casos de calvície, que não é propriamente uma queda, mas sim uma rarefação dos fios.
  • Metabólica causada pelo stress, desequilíbrio nutricional e doenças metabólicas.
  • Hormonal devido a doenças na hipófise, tireoide suprarrenal, ovários, testículos entre outras.

Para cada uma das classificações há uma indicação de tratamento, realizado por especialistas, a hereditária é a que mais preocupa homens e mulheres.
O Dr. Joel Lacerda, médico especializado com aperfeiçoamento na Flórida – EUA e na Turquia, explica que a Alopecia Androgenética, ou calvície, é uma forma de queda de cabelo geneticamente determinada é relativamente frequente na população, ocorre em homens e mulheres, desenvolvendo-se ainda na adolescência tornando-se mais aparente por volta dos 40 ou 50 anos, faz com que os fios fiquem progressivamente mais finos e raros.

Mais de 800 mil pessoas, no mundo, buscam tratamento contra a calvície e 50% da população masculina terá calvície até os 50 anos, de acordo com a Organização mundial da Saúde (OMS).

A procura por solução a uma questão tão importante e que compromete, radicalmente, a autoestima masculina, muitos brasileiros, recorrem a cirurgia de transplante ou implante capilar. Dr. Joel Lacerda esclarece que: “Não se pode confundir transplante com implante. O fio sintético, desenvolvido externamente, é um corpo estranho, que é implantado no couro cabeludo. O implante traz algo não orgânico para o seu corpo. O Transplante é diferente, é 100% natural. É uma técnica que tira o cabelo de uma região de maior abrangência e densidade, para ser colocado em outra mais escassa, a região a ser tratada.”
O transplante é uma alternativa muito procurada, entre homens, para solucionar a calvície. Na busca por essa técnica diversos brasileiros viajam ao exterior, principalmente para cidade de Istambul na Turquia, aonde a cirurgia plástica e a microcirurgia avançaram, enormemente nas últimas décadas, com o apoio significativo do Governo na pretensão de tornar este país o destino mundial do turismo médico.
Atualmente não é necessário viajar para exterior em busca de técnicas avançadas. A Clínica Istambul-Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, possui avançado atendimento de transplante capilar com aplicação da técnica FUE com lâmina de Safira.

O que é técnica FUE?

A técnica FUE é a mais procurada por quem faz transplante Capilar, tendo referência mundial na escola turca de medicina. A FUE – Follicular Unit Extraction, que significa extração de unidades foliculares, é a técnica com resultado mais natural, indolor e que não deixa cicatrizes. Consiste em retirar pelos da área doadora e aplicar, um por um, na região receptora do paciente (área calva de reimplante). Detalhe: em apenas um folículo, pode haver um, dois, três, quatro ou até cinco fios. O trabalho é minucioso e extremamente técnico. Antes de serem implantados, os folículos são separados pelos números de fios. Os de apenas um fio são utilizados para implantar na hair line (linha frontal do cabelo), entregando o sentido dos fios naturais. Os folículos de dois fios são implantados no escalpe médio (linha de transição). E os de três fios em diante são usados na região da coroa, conta o Dr. Joel Lacerda, proprietário da Clínica Istambul-Brasil. A cirurgia dura em média oito horas, resumidamente é a retirada da área doadora e aplicação manual minuciosa, uma a um, garantindo a harmonia capilar. Contraindicações são raras, existente somente por condições anteriores de saúde do paciente, como problemas de cardiopatia severa, doença renal grave ou de coagulação. É um procedimento simples, com anestesia local, sem sedação e com recuperação rápida.

Recentemente cerca de 5 milhões de pessoas visualizaram nas redes sociais uma publicação, do youtuber Felipe Neto, acompanhando todo processo de cirurgia capilar realizada pelo seu colaborador Bruno Correia. A técnica também foi executada por grandes nomes do sertanejo brasileiro. A satisfação e renovação da autoestima e observada nos depoimentos.

Por fim o transplante capilar é um grande aliado do homem que se dispõe a solucionar uma questão que aflige diretamente sua autoestima. Em meio a tantas aflições da modernidade, a aparência toma o lugar de essencial, pois diz respeito ao que outro pensa, e principalmente sobre o que se pensa de si mesmo, sendo assim, reajustar a visão sobre si é fundamental para torna-se forte perante qualquer desafio da vida, além de ser expressão de poder, atributo que anda de mãos dadas com a virilidade.

Website: http://www.clinicaistambulbrasil.com.br

Veja também:

Bebê esquilo órfão viraliza comendo em vídeo

DINO
Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

  • separator



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda