Conheça mitos e verdades da cirurgia de rinoplastia, “hit” da pandemia

0
8

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A rinoplastia é uma das cinco cirurgias plásticas mais procuradas nos consultórios brasileiros, seja para corrigir questões funcionais ou para retoques estéticos do nariz. O isolamento social, a possibilidade de trabalho em casa e, principalmente, a grande quantidade de selfies fizeram a procura pelo procedimento disparar durante a pandemia, de acordo com o cirurgião plástico Regis Ramos, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

“O aumento da procura e da realização da rinoplastia se deve por conta das selfies. As pessoas ficaram mais focadas no celular e na autoimagem”, explica o médico, que conta que os pedidos mudaram ao longo das décadas. “Até 90% dos meus pacientes têm pedido resultados mais naturais e personalizados. Aquela rinoplastia da década de 1950 já está em desuso”, garante.

Responsável por plásticas da primeira-dama Michelle Bolsonaro, nas atrizes Giovanna Antonelli, Sophia Abrahão, Arlete Salles e no cantor Nego do Borel, Ramos ressalta que, neste período, as pessoas devem dar preferência a realizar a operação em hospitais que não tenham pacientes internados com Covid-19, bem como assegurar que os profissionais envolvidos realizaram testes RT-PCR (que detecta a presença do vírus) 48 horas antes do procedimento, para diminuir o risco de infecção.

Conheça os mitos e as verdades da cirurgia de rinoplastia

“Com a pandemia alguns cuidados a mais precisam ser tomados após o procedimento”
Verdade. O paciente deve ficar mais guardado em casa e não se expor em locais públicos para evitar a infecção pelo novo coronavírus. “Como não dói, o paciente pode tender a querer ir para a rua, mas ele deve ficar em casa por, pelo menos, de cinco a sete dias”, diz o cirurgião.

“O paciente pode trabalhar normalmente em casa”
Verdade. O trabalho está liberado. Assim como no passado, a recuperação é tranquila, mas ele precisa evitar pegar peso nos quatro a sete dias seguintes à rinoplastia.

“A cirurgia não é recomendada para todas as faixas etárias”
Verdade. A rinoplastia é indicada a partir dos 15 anos, quando o crescimento dos ossos e cartilagens é encerrado. Independentemente da idade, o paciente deve passar por avaliação e exames pré-operatórios antes do procedimento.

“Os resultados são imediatos”
Mito. Eles costumam aparecer em torno de três a 12 meses após a cirurgia, dependendo do caso. O mesmo vale para a evolução e cicatrização de cada paciente.

“A cirurgia é muito dolorosa”
Mito. Com a modernização do procedimento, as queixas de dor no pós-operatório se tornaram casa vez menores. Os relatos dos pacientes se assemelham a um resfriado leve, como entupimento do nariz e coriza.

“É possível identificar quando alguém fez a cirurgia”
Verdade. Quando a rinoplastia é realizada com exagero, não obedecendo as proporções e o contorno da face, facilmente pode ter um resultado insatisfatório. O paciente deve procurar sempre um cirurgião plástico especialista no procedimento e nunca deixar se levar por fotos de antes e depois.

“A cirurgia pode alterar a respiração”
Verdade. Quando o paciente apresenta queixas respiratórias ou cansaço ao realizar atividades físicas, deve solicitar um exame de imagem (tomografia computadorizada) para avaliar a parte funcional. Detectando-se alguma alteração, como desvio de septo ou hipertrofia dos cornetos, entre outras, ele pode ser encaminhado ao otorrinolaringologista para avaliar a necessidade de realizar em conjunto com o cirurgião plástico a parte da função respiratória.

“A rinoplastia pode causar diminuição do ronco”
Verdade. Quando a via aérea é prejudicada pela obstrução nasal ou há insuficiência das válvulas nasais, utiliza-se uma técnica específica para estruturação do nariz, e consequentemente um ganho considerável na maioria das queixas de ronco.

“O procedimento pode ser realizado mais de uma vez até o paciente ter o resultado desejado”
Verdade. Quando não tiver um resultado satisfatório, pode, sim, realizar outra cirurgia, desde que aguarde 6 meses. Esse é o menor tempo para que o nariz esteja com o mínimo possível de fibrose e próximo ao resultado final.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda