Conheça os salários dos prefeitos e vices das cidades da Baixada Santista | Eleições 2020 em Santos e Região

    0
    9

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Os prefeitos de Praia Grande, Santos, Peruíbe e Itanhaém, no litoral de São Paulo, são os mais bem pagos da Baixada Santista. Nessas quatro cidades, a remuneração é maior do que a do prefeito da capital paulista, cujo salário bruto mensal é R$ 24.175,55.

    Assim como no caso dos vereadores, os cargos no Executivo em Praia Grande são os mais bem remunerados da região. Na cidade, o salário do prefeito é de R$ 28.886,46, e o da vice, R$ 25.997,81.

    Em Santos, o prefeito recebe R$ 24.849,33, e o vice, R$ 12.414,66. Em Peruíbe, o salário bruto mensal do prefeito é de R$ 24.796,58, já o vice recebe R$ 12.399,08.

    Em seguida, aparece Itanhaém, que oferece salário de R$ 24.254,00 ao prefeito e R$ 12.935,00 ao vice. Nas demais cidades, o salário não passa de R$ 21 mil (confira abaixo a relação completa).

    Além de Praia Grande, as outras duas cidades que oferecem os maiores salários aos vice-prefeitos são Guarujá (R$ 18.414,00) e São Vicente (R$ 13.725,05).

    Em Cubatão, onde o salário do chefe do Executivo é menor do que nas outras oito cidades da Baixada Santista, o prefeito recebe R$ 14.255,30. O valor pago ao representante do cargo de vice-prefeito é de R$ 9.989,97 – também o menor da região.

    Atualmente, no entanto, o vice-prefeito Pedro de Sá Filho (PTB) recebe salário bruto de ‘servidor público – engenheiro’, que é de R$ 30.425,90. Em nota, a Prefeitura de Cubatão destaca que, de acordo com o artigo 38 da Constituição Federal, caso o prefeito eleito seja servidor público, ele pode optar pela remuneração de prefeito ou continuar com o salário de servidor.

    “Por analogia, o STF [Supremo Tribunal Federal], de acordo com ação direta de inconstitucionalidade (ADI 199), estende esse direito ao vice-prefeito. Em Cubatão, o vice-prefeito Pedro de Sá Filho optou pela remuneração como servidor público”, justifica, em nota.

    Salário bruto mensal em cada cidade:

    Fontes: Portais da transparência e assessorias das prefeituras

    Vice-prefeito: R$ 10.514,35

    Vice-prefeito: R$ 9.989,97

    Observação: O atual vice-prefeito da cidade, Pedro de Sá Filho, é servidor público e recebe pelo cargo de engenheiro, cujo salário bruto mensal é de R$ 30.425,90.

    Vice-prefeito: A cidade não conta atualmente com vice-prefeito, já que Márcio Melo Gomes (PSDB), conhecido como Márcio Cabeça, assumiu em 2018 o lugar do então prefeito Artur Parada Prócida (PSDB), afastado por lavagem de dinheiro.

    Vice-prefeito: R$ 12.399,08

    Vice-prefeito: R$ 25.997,81

    Vice-prefeito: R$ 12.414,66

    Vice-prefeito: R$ 13.725,05

    O G1 Santos está produzindo, diariamente, reportagens especiais sobre as eleições 2020. Além de entrevistas exclusivas, levantamento de dados e serviço, os internautas podem acompanhar matérias de assuntos de interesse público e que preocupam bastante a população dos nove municípios da Baixada Santista e do Vale do Ribeira. Para acompanhar toda a cobertura basta acessar a página especial.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda