Criança de 4 anos que teve câncer confundido com virose vence a doença e toca ‘sino da cura’ | Mais Saúde

    0
    5

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A pequena Luma César Fernandes, de 4 anos, recebeu a notícia da cura do câncer após mais de um ano e quatro meses lutando contra a doença. A criança comemorou a conquista tocando o ‘sino da cura’. Luma passou por diversas cirurgias e chegou a ter o tumor confundido com uma virose por médicos de Santos, no litoral de São Paulo. O caso dela comoveu internautas.

    Ao G1, a mãe, Jéssica César Fernandes, de 27 anos, contou que Luma fez os exames para avaliar o avanço do tratamento, e os resultados finais que apontaram que ela não tem mais a doença chegaram nesta segunda-feira (16).

    Luma foi diagnosticada com um câncer na cabeça depois de diversas idas a hospitais da rede pública de Santos. De acordo com a mãe, ela sempre foi uma criança saudável e nunca havia apresentado nenhum sintoma que a fizesse desconfiar da doença. Em junho de 2019, começou a reclamar de uma forte dor de cabeça e passou a vomitar com frequência.

    Luma mora em Santos (SP) e já fez diversas cirurgias — Foto: Arquivo Pessoal

    A mãe relata que a criança foi diagnosticada diversas vezes com virose, e que os médicos a liberavam das consultas. Depois de idas e vindas a diversos hospitais, a menina foi levada pela mãe ao Pronto Socorro da Zona Leste, onde um pediatra percebeu a seriedade do assunto e correu atrás da internação de Luma, que foi encaminhada ao Pronto Socorro Silvério Fontes.

    No dia 5 de julho, Luma fez a tomografia que constatou um tumor cerebelar meduloblastoma nível 4, um dos mais agressivos. Desde então, lutava contra o câncer.

    Durante o tratamento, a família passou por muitos desafios e dificuldades. “Eu escutei por muito tempo que era grave, e sempre dava medo de perdê-la. Então, foi bem difícil até aqui. Eu e o pai dela saímos do emprego para se dedicar a cuidar dela e dos nossos outros filhos, passamos por muitas dificuldades financeiras e tivemos muitos desafios. Mas, tudo valeu a pena para ver hoje que ela está bem”, diz a autônoma.

    De acordo com a mãe, Luma ficou muito feliz com a notícia da recuperação, e fez questão de ligar para todos da família para contar que estava curada. “O mais gratificante de tudo isso é o sentimento de dever cumprido, de que o pior já passou. Ela foi muito forte, não deixou se abater. Quando ela tocou o sino, chorei de emoção, porque foi uma luta muito grande até aqui”, comemora Jéssica.

    Luma antes de ser diagnosticada com a doença em Santos, SP — Foto: Arquivo Pessoal

    Agora, a criança ainda continuará tendo acompanhamento semanal, devido à imunidade baixa, e brevemente passará a ter acompanhamento apenas a cada três meses.

    “Para as mães que estão enfrentando a mesma coisa que nós passamos, a minha mensagem é para que não desistam e tenham muita fé, porque a fé move montanhas. Agora, quando passar a pandemia, nunca deixaremos uma ida ao parque para amanhã, não deixaremos de curtir o tempo e todas as experiências que podemos ter em família. Vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance. Aprendemos a dar valor a cada momento, e isso é muito importante”, finaliza Jéssica.

    Como o caso de Luma teve grande repercussão, nas redes sociais, a mãe publicou o vídeo dela tocando o ‘sino da cura’ e comemorou a vitória contra a doença. Leia a postagem abaixo:

    “Hoje é um dia muito especial, não só hoje, mas todos os dias são especiais. Mas hoje é o dia de mais uma batalha concluída, o dia da vitória, o dia da cura da minha filha. Quantas batalhas percorremos durante esses 1 ano e 4 meses, quantas lágrimas derramamos, quantas incertezas nós tivemos. Mas Deus é Deus, ele é quem dá a última palavra, e para glória e honra dele, Luma está curada. Eu acreditei, eu me ajoelhei, eu implorei para que esse dia chegasse, e ele chegou. Somente agradecer a ti Senhor, obrigada. Minha guerreira, minha vida, meu amor! [sic]”.

    Luma foi diagnosticada com virose diversas vezes antes de receber o diagnóstico de câncer em Santos, SP — Foto: Arquivo Pessoal

    VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda