Drenagem da Nova Entrada de Santos receberá investimento de R$ 20 mi | Santos e Região

    0
    68

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O Governo Federal investirá R$ 20 milhões na continuidade dos trabalhos de drenagem da bacia do Rio Lenheiros, no Saboó, no lado da linha férrea. A informação foi divulgada pela Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, nesta quarta-feira (19).

    De acordo com o divulgado pela administração municipal, o anúncio confirmando o investimento foi feito nesta terça-feira (18), pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

    A drenagem do Rio Lenheiros foi incluída na prorrogação antecipada do contrato de concessão da ferrovia, que é de responsabilidade da MRS Logística. Após a assinatura do contrato, com data a ser definida, a prefeitura relata que a obra será imediatamente iniciada.

    Segundo o gestor do Programa Nova Entrada de Santos, Wagner Ramos, para que o sistema de drenagem proposto pelo Programa Nova Entrada de Santos funcione de forma plena é necessário que o mesmo seja implantado integralmente.

    A Prefeitura afirma já dar andamento à ampliação do pontilhão do Rio Lenheiros, do lado da Avenida Martins Fontes. O pontilhão passa embaixo das quatro pistas da via. O primeiro trecho, concluído em março de 2019, passou de sete metros de largura por dois de profundidade para 11 metros de largura por três de profundidade.

    A estrutura da pista 1 (local) fica entre a Travessa Dois e a Rua Flamínio Levy, sentido bairro/Centro. E sob as pistas 2, 3 e 4 passará de sete metros de largura por dois de profundidade para 13 metros de largura por 3,5 de profundidade.

    A Avenida Martins Fontes, nesse trecho, também passou por limpeza de galerias de drenagem, recuperação de duas galerias que medem 1,30 x 1,70 metros cada, auxiliando na maior vazão das chuvas, pavimentação, novas guias, sarjetas, calçadas e iluminação.

    A etapa atual da obra consiste na escavação para a localização de uma rede de gás, que está enterrada entre as pistas 3 (sentido Santos/SP) e 4 (paralela ao muro da linha férrea). Por esse motivo, o trânsito da 3 precisou ser desviado, recentemente, para a prospecção.

    Segundo a prefeitura, a Comgás – empresa responsável pela distribuição de gás na cidade – está monitorando permanentemente a obra do início ao fim para garantir a segurança do trabalho e cumprir o planejamento e o plano de prevenção de riscos.

    A municipalidade afirma que a obra na pista 4 deve ser concluída em aproximadamente 40 dias. E a obra de drenagem da pista 3 deve terminar em cerca de três meses, dependendo das condições climáticas.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda