Hospital Regional de Marabá orienta sobre os benefícios do aleitamento materno exclusivo

0
62

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Não há dúvida de que o leite materno é o único alimento que deve ser ofertado aos bebês durante os seis primeiros meses de vida. Fonte de água, gordura, vitaminas e sais minerais, ele é suficiente para fortalecer o organismo, promover o crescimento e fornecer energia para as crianças. Porém, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a cada dez recém-nascidos no mundo, apenas quatro vivenciam o aleitamento materno exclusivo. Em parte, isso é causado pela desinformação sobre o assunto.

Por conta disso e em alusão ao movimento “Agosto Dourado”, que apoia ações de incentivo ao aleitamento materno exclusivo, ao longo deste mês, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, intensificou as ações de esclarecimento sobre os benefícios da amamentação. Dentre elas destacaram-se as rodas de conversa com as mães de pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica e bate-papos com usuários durante a espera por exames ou consultas especializadas.

Robeane Lisboa Santos, uma das participantes do bate-papo no Ambulatório, conta que teve várias dúvidas na primeira gestação. “Meu filho não engordava como as outras crianças. Então, eu ficava pensando se o meu leite era ruim, fraco ou pouco. No meu segundo filho, não tive dúvida de que dar somente o leite do peito é o melhor para ele. Como o parto dele foi aqui no Regional, enquanto estava internada, fui muito incentivada a alimentá-lo só com o leite materno e esclareci todas as dúvidas. Por isso acho importante o Hospital orientar sobre o assunto”, conta. Robeane ainda ressalta como informações erradas disseminadas por crenças populares podem confundir as mães. “As pessoas vão muito pelo que os outros falam, como por exemplo, que precisa dar água para o bebê desde cedo porque o clima da região é muito quente. Não, não é preciso. O que é importante de fato é buscar a informação com profissionais da área”.

Importância da amamentação na primeira hora de vida 

Além das ações educativas sobre o tema, o Hospital Regional de Marabá implantou a “hora de ouro do bebê” nos partos realizados na Unidade. Dessa forma, em geral, todo bebê nascido no HRSP faz a primeira mamada antes mesmo de sair do centro cirúrgico, contribuindo para a redução do tempo de internação, o desenvolvimento neuromotor e o fortalecimento do vínculo entre mãe e filho.

Segundo a presidente da Comissão de Aleitamento Materno do Hospital, Michele Trindade, muitas vezes, o aleitamento materno exclusivo não ocorre nos seis primeiros meses devido a barreiras culturais. “Por isso, o papel da comissão é amparar as mães e explicar tudo o que envolve esse processo, a fim de que mais mães e bebês usufruam dos benefícios da amamentação, que vão além do aspecto nutricional”, explica a enfermeira.

Por que amamentar?
– Vantagens para as mães:
• Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto;
• Diminui o peso mais rapidamente após o parto;
• Reduz o risco de diabetes e câncer de mama;

– Vantagens para as crianças:
• Aumenta o vínculo entre mãe e filho;
• Ajuda no desenvolvimento neuromotor;
• Reduz as chances de desenvolver problemas como diabetes, obesidade, infecções urinárias, diarreias e doenças cardiovasculares no futuro;
• Estimula o desenvolvimento do pulmão e dos ossos do crânio e da face.

Sobre a Unidade
Referência em atendimento de média e alta complexidades para 22 municípios paraenses, o Hospital Regional de Marabá tem 115 leitos, sendo 77 de Unidades de Internação e 38 de Unidades de Terapia Intensiva. Possui perfil cirúrgico e habilitação em Traumato-ortopedia pelo Ministério da Saúde, oferecendo atendimento gratuito nas especialidades de Cardiologia, Cirurgia Buco-maxilo-facial, Cirurgia Plástica Reparadora, Cirurgia Pediátrica, Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular, Clínica Médica, Fisioterapia, Infectologia, Medicina Intensiva adulto, pediátrica e neonatal, Nutrição, Obstetrícia de Alto Risco, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Neurocirurgia, Terapia Ocupacional, Traumato-ortopedia, Nefrologia e Anestesiologia.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda