Marca esportiva vai doar 10 reais a cada top vendido

0
12

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A cada 100 mil brasileiras, 51 são vítimas do câncer de mama, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e em dois anos esse número pode chegar a 61.  Para tentar frear esse cenário, desde 1990 acontece a campanha Outubro Rosa, que tem por objetivo informar sobre a doença e incentivar os exames. E este ano, sem as corridas de rua que marcam a campanha,  a novidade é a campanha “Encare Essa Conversa”, da Under Armour com duas lives sobre o tema. E, durante outubro, esta marca vai doar à Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA) R$ 10 a cada peça vendida do novo top Infinity BRA. E também a ação “Escute seu Corpo”, produzida pela MCM Brand Experience, que consiste de uma série de podcast para debater e informar sobre a doença.

Uma das Lives da UA será com especialistas da FEMAMA e uma corredora amadora que venceu o câncer de mama com a ajuda do esporte. Já a segunda, será um treino ao vivo, ministrado por uma das  embaixadoras da marca, com o objetivo de reforçar a importância da atividade física nessa luta.

O câncer de mama é identificado pela proliferação anormal das células do tecido mamário, de forma rápida e desordenada, se desenvolvendo em decorrência de alterações genéticas. Mas isso não significa que os tumores de mama são sempre hereditários. Segundo a Sociedade Brasileira de Mastologia, o câncer de mama hereditário corresponde, em média, de 5% a 10% dos casos, ou seja, quando existem parentes de primeiro grau com a doença. Portanto, os 90% restantes não se encaixam nesse perfil.

“Segundo dados do INCA, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados se a pessoa passar a ter hábitos melhores, como manter uma atividade física regular e ter uma alimentação saudável”, explica o doutor Aldemir Rizzo, encarregado do Serviço Médico do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM).

A campanha do Outubro Rosa foi criada pela Fundação Susan G. Komen for the Cure no início da década de 1990, e tem como principal objetivo conscientizar a população da necessidade de prevenção do câncer de mama e do câncer de colo de útero.

Principais sintomas: aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular; alguns casos são de consistência branda, globosos e bem definidos. A doença pode também acarretar edema cutâneo na pele, retração cutânea, dor, inversão do mamilo, hiperemia e outros. De acordo com o INCA, a doença também pode afetar os homens, mas é raro – representando apenas 1% do total de casos.

TOPS – pesquisas realizadas pela UA  comprovam que 80% das mulheres estão usando o sutiã ou top errados na hora do esporte. Tal fato, além de trazer desconfortos e prejudicar a performance durante o treino, pode causar dor e danos permanentes.

 

Infinity Bra, da Under Armour

O novo modelo da UA, o Infinity BRA traz esses princípios de ajuste, conforto e segurança, para que a corredora não ter que recorrer ao sutiã na hora da corrida, ou colocar o sutião e o top, como muitas ainda o fazerm. Segundo, informações da marca, as peças foram desenvolvidas com ajustes aerodinâmicos, e garante que o  top proporciona maior sustentação e respirabilidade para os seios, moldando-se ao corpo para maior liberdade de movimentos. Seu acabamento em mesh foi estrategicamente posicionado para sensação de refrigeração extra, assim como o acolchoamento que tem secagem mais rápida que o usual. “Nossa missão sempre foi tornar os atletas melhores e oferecer soluções e inovações para a melhora da performance. Com esse objetivo, o novo UA Infinity BRA foi desenvolvido para que as mulheres foquem apenas no treinamento sem se preocupar com nada mais”, afirmou Eduardo Aguiar, gerente de Marketing da Under Armour no Brasil. O lançamento tem preço sugerido de R$ 259,90

Já Authen, marca especializada em vestuário para as esportistas brasileiras lançou um top para pós-cirurgia, para àquelas que tiveram prótese de silicone aplicada. É um produto da linha “Women Needs”, o Top Preserve (R$299,90) –  que foi desenvolvido com o auxílio de cirurgiões e testado por esportistas. A peça possuiu tecnologia InfraTech® que acelera a recuperação e estimula a microcirculação sanguínea, reduzindo os inchaços, encurtando o tempo de recuperação e oferecendo uma sensação de hidratação aos seios; design especial com fecho frontal ajustável para facilitar na hora de vestir e alças retas reguláveis com velcro para adequação perfeita às diferentes fases do corpo no pós-operatório; forro sem emendas, com toque macio e costura exclusiva para aliviar fricções com a área da incisão; estrutura confortável sem arame e barra sem elástico para minimizar os desconfortos; tecido antiflacidez e costas em mesh para garantir alta respirabilidade e rápida evaporação do suor; e proteção solar FPU 50+.

Top Preserve indicado para uso pós-cirurgia

A primeira marca a se debruçar sobre os tops esportivos femininos, em 2014, foi a Nike , quando lançou a coleção de tops PRO depois de dois anos de pesquisas, quando apresentaram 25 tamanhos, para atender o maior número possível de mulheres. À época, a  equipe da Nike se reuniu com alguns dos maiores especialistas em sutiãs, e estudou as melhores práticas na produção dessas peças. Os profissionais prestaram atenção em cada detalhe da construção de lingeries. E foi feita uma parceria com a Universidade de Loughborough, Inglaterra,  ao todo foram 600 horas de testes, e desde então a marca têm lançados modelos bem diferenciados, com opções de diferentes níveis de suporte.

Os modelos mais recentes são o  Top Nike Sports (R$139.99) sem acolchoamento, que  combina tecido compressivo com tecnologia de absorção de suor para ajudar a manter a corredora seca e confortável durante atividades de impacto médio. O modelo apresenta costas nadador permite que a atleta se movimente naturalmente. E o Nike Ultrabreathe Sports Bra (R$ 309,99) indicado para ser usados em treinos no calor. Ele é feito com material superleve – que afasta o suor da pele, absorve a umidade do corpo e garante conforto para a atleta. Ele deixa a pele respirar 70% a mais nas regiões de maior concentração de calor, e sua estrutura garante sustentação sem comprometer a leveza da peça. Também com recorte nadador.

Nike Ultrabreathe Sports BRA para treinos no calor

‘Escute seu corpo!’

Os podcasts da campanha serão transmitidos diretamente no canal da MCM e será dividido em quatro episódios, durante todo o mês de outubro, sempre às sextas feiras:

• 9/10, a Dra Mariana Rosário – membro da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (Sogesp)- trará dados sobre prevenção, tratamento e processo de reconstrução de mama

• 16/10, Gianne Carvalho e Janne Souza – que já tiveram câncer de mama – falarão como as diferentes gerações de mulheres convivem com este tema (que já enfrentaram ou enfrentam a doença)

• 23/10, a Micropigmentadora Ana Savoy, referência em Micropigmentação Estética, Corretiva e Paramédica desde 1997. É diretora técnica da ABRAMIC – Associação Brasileira de Micropigmentadores e fundadora do projeto “Arte Com Paixão” conta como é fazer o redesenho da mama auxiliando na auto estima da mulher, através da micropigmentação

• 30/10, Dra. Cristiane Araújo (Mastologista e idealizadora do projeto Mulher



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda