Mdicos desmentem mitos e boatos sobre a sade – Anna Marina

0
91

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

O pas marcou o 27 de novembro como o dia dedicado nacionalmente ao combate ao cncer. Por causa disso, voltamos ao assunto com algumas explicaes sobre o que fato e o que mito, com a colaborao de mdicos do Centro Paulista de Oncologia. Confira:

Mamografia realizada anualmente aumenta o risco de mulheres desenvolverem tumores malignos. Esse um boato recorrente, e, com as redes sociais, ganhou ainda mais fora nos ltimos anos. Recentemente, nova onda de fake news invadiu grupos de WhatsApp por conta de um vdeo que passou a circular e supostamente trazia dados comprovando que a realizao anual do exame aumentaria o risco de mulheres desenvolverem tumores malignos. Todos os anos, cerca de 60 mil brasileiras recebem o diagnstico de cncer de mama. o segundo tipo de tumor que mais atinge as mulheres, ficando atrs apenas do cncer de pele no melanoma.

“Apesar de o diagnstico gerar preocupao, preciso ressaltar que a doena tem tratamento e que as chances de recuperao total das pacientes, quando o diagnstico feito de forma precoce, superam a marca de 95% dos casos”, explica o mdico Daniel Gimenes. A principal ferramenta para que isso seja possvel a mamografia, exame que deve ser realizado anualmente a partir dos 40 anos e consegue detectar um ndulo antes mesmo que ele se torne palpvel.

Tumor reincidente no tem cura: tudo depende essencialmente do tipo e do estgio desse tumor. Quanto mais cedo for feito o diagnstico, mais chances de o tratamento ter sucesso. “Quando descoberto tardiamente, podem surgir diversas complicaes mesmo aps a doena ter sido tratada. Por isso, fundamental analisar cada caso individualmente”, explica o mdico Marcelo Aisen.

O cncer antes dos 30 anos 100% hereditrio: o cncer hereditrio se manifesta predominantemente em pacientes com menos de 50 anos, entretanto s 10% dos cnceres so hereditrios, enquanto os outros 90% tem relao com o estilo de vida. “Conhecer o histrico familiar essencial, mas preciso tambm ter cuidado com hbitos do cotidiano. Alimentao saudvel, prtica de exerccios fsicos e ingesto controlada de bebidas alcolicas so atitudes que podem prevenir o desenvolvimento do cncer antes dos 30 anos”, comenta Daniel Gimenes.

Toda mulher que contrai HPV ter cncer: o vrus do HPV a principal causa do desenvolvimento do cncer uterino. Porm, existem 40 tipos de vrus e nem todos levam doena. “Para que esse tipo de cncer surja, h outros fatores associados, como baixa imunidade, tabagismo, mltiplos parceiros sexuais”, explica Gimenes.

Hipotireoidismo e hipertireoidismo so sintomas do cncer de tireoide: a tireoide uma glndula que produz hormnios responsveis por diversas atividades no corpo humano e fica na parte anterior do pescoo, abaixo da regio conhecida como Pomo de Ado. A secreo aumentada deles provoca o hipertireoidismo, enquanto a secreo diminuda, o hipotireoidismo. “O aparecimento de ndulos no significa que seja, de fato, cncer. Em 90% dos casos, os ndulos identificados so benignos, no se trata de cncer. O recomendvel que, em caso de anormalidade, a pessoa busque ajuda mdica para investigao”, recomenda Aisen.

Ingesto de leite pode causar cncer ou prejudicar o tratamento do paciente oncolgico. A ingesto do leite constantemente alvo de debates entre especialistas e tambm por consumidores. Conhecido como tima alternativa para a preveno da osteoporose, o leite associado ao surgimento do cncer. “No existem estudos que comprovem a relao direta na causa de tumores. Porm, a alta ingesto associada a algumas doenas que podem aumentar o risco do surgimento do cncer, como o caso da obesidade, por exemplo”, explica Gimenes.

Implantes de silicone podem causar cncer de mama. O cncer de mama uma doena que acomete a glndula mamria, sobretudo dutos e lbulos. Porm, as prteses de silicone so vistas por alguns como fator para o surgimento da doena. Apesar de ser uma questo levantada h anos, estudos comprovaram no haver relao entre o uso de prteses com o cncer de mama. “A recomendao que tanto as mulheres com implantes quanto as que no os possuem mantenham a avaliao peridica e realizem os exames para monitorao”, enfatiza Gimenes.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda