Médico é condenado por lesão corporal no AP; paciente perdeu seio após cirurgia plástica | Amapá

0
14

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

O médico Sérgio Augusto dos Anjos Brito, o Dr. Brito, foi condenado na Justiça a 2 anos e 8 meses de reclusão em regime aberto por lesão corporal grave, em Macapá. Uma paciente dele perdeu um dos seios e ficou com sequelas após uma cirurgia plástica há 5 anos.

A defesa de Brito afirmou que a decisão tem contradições e que vai recorrer da condenação (leia a nota na íntegra no fim desta reportagem). Como cabe recurso, o médico pode aguardar em liberdade.

A sentença, assinada pela juíza Délia Silva Ramos, da 4ª Vara Criminal de Macapá, é de terça-feira (1º).

De acordo com o Ministério Público (MP) do Amapá, autor da ação penal, o médico agiu com negligência e imperícia, e não adotou todos os cuidados necessários durante a cirurgia de redução de mamas e implante de prótese de silicone feita na paciente, em junho de 2015.

O MP cita como exemplo a falta de profissionais especialistas, já que não houve o acompanhamento de um anestesista, apenas o auxílio de dois técnicos em enfermagem.

A ação ressalta ainda que as cirurgias foram feitas em local inapropriado, onde não era centro cirúrgico.

A paciente fez uma cirurgia plástica nos seios, dias depois apareceu uma série de problemas, e ela teve que fazer nova cirurgia. Com isso, ela sofreu uma deformidade permanente: perdeu o mamilo do seio esquerdo, e ficou com cicatrizes por todo o seio direito.

Nota da defesa do Dr. Brito:

A sentença da 4ª Vara Criminal da Comarca de Macapá deixou de levar em consideração extensa prova técnica produzida nos autos, que comprova que a conduta do médico foi completamente legal.

Ademais, possui extensa contradição, uma vez que em toda a sua fundamentação remete a elementos inerentes ao crime culposo, mas, ao final, realiza-se condenação pela suposta prática dolosa do crime.

Serão interpostos os recursos cabíveis.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda