Onde há fogo, há Bombeirinho

0
19

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Hoje, abrindo a coqueteleira, vamos falar de um coquetel clássico brasileiro. Se você tem menos de 30 anos é provável que nunca tenha experimentado essa alquimia folclórica do balcão brasileiro.

O Bombeirinho foi criado nos anos 1980, quando a coquetelaria deixou de lado ingredientes frescos e se deu mais valor à praticidade, ao colorido das misturas nos copos e ao baixo custo das misturas.

Foi seguindo a linhagem do Rabo de Galo e outros coquetéis servidos em copos shot que nasceu a bebida. Além da cor vermelha, que lembra o uniforme do corpo de bombeiros, e o sabor adocicado por conta do xarope de groselha, o coquetel ganhou uma fama de curar ressaca. Sabe-se lá por que razão isso aconteceu, já que um shot de Bombeirinho pode ter o teor alcoólico que ultrapasse os 20%.

Sucesso entre os universitários de outrora e alguns jovens considerados mais ‘raíz’ com a grana curta, com uma garrafa de cachaça e um litro de groselha se fazia um festa.

E assim nasceu uma lenda, o Bombeirinho. Aliás, ao contrário do que possa sugerir o nome, o coquetel vai acender o fogo e não apaga-lo.

Para os jovens com menos de 30 anos, eu sei que vocês conhecem outras versões do Bombeirinho, como aquela que vai Campari ou aquele aperitivo de coco que a embalagem parece um extintor de incêndio, mas essa é a receita original:

Receita de Bombeirinho

Ingredientes:

30 ml de cachaça
10 ml de groselha
10 ml de suco de limão
Gelo a gosto

Modo de preparo:

Basta misturar a cachaça com a groselha e o limão em um copo shot ou, se preferir, em um copo americano com gelo.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda