Pais de alunos da rede municipal de Santos, SP, reivindicam melhorias na educação | Eleições 2020 em Santos e Região

    0
    12

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Um dos desafios da gestão que assumirá a administração de Santos, no litoral de São Paulo, está ligado à área da educação. Pais de alunos ouvidos pelo G1 pedem melhorias na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, principalmente em relação aos cuidados com as escolas e com a merenda escolar.

    O motorista André Luiz de Negreiros Vicente Lo Pomo, de 47 anos, é pai de gêmeos de 6 anos – matriculados na Unidade Municipal de Ensino (UME) Samuel Augusto Leão de Moura, no bairro Areia Branca.

    Na visão de Lo Pomo, a escola onde os filhos estudam tem uma estrutura boa, mas requer mais cuidados. A situação era observada antes mesmo da pandemia. “O local é grande, tem muitas opções de atividades, mas está mal cuidado. Algumas crianças contraíram bicho de pé ao brincarem na areia, e meu filho foi uma delas”, conta.

    Outra preocupação está relacionada à alimentação que as crianças recebem na unidade. “Vejo que a única refeição de muitas crianças é a merenda da escola, que, por muitas vezes, é apenas bolacha com leite”, diz.

    “Esperamos que a próxima gestão tenha compromisso com o ensino de qualidade, que as pessoas possam entrar na escola e aprender, efetivamente. Também espero melhorias de estrutura, alimentação e cuidado com a zeladoria”, finaliza.

    Quem também pede melhorias na alimentação que as crianças recebem é a dona de casa Debora Pedroso Ferro, de 33 anos, mãe de um menino de 5 anos e uma menina de 10.

    “A mais velha fica o dia todo na escola, e os lanches oferecidos ficam a desejar. A maioria das crianças chega em casa morrendo de fome. Acho que tem muito que melhorar”, diz a dona de casa, que tem os dois filhos matriculados nas UMEs Eunice Caldas e Paulo Gomes Barbosa.

    Para ela, também é preciso que a próxima gestão municipal valorize mais os professores. “Espero que deem mais condições aos professores, para que possam cada vez mais ensinar e dar aos alunos um ensino de respeito, em que não faltem materiais didáticos”.

    O filho de 3 anos da analista de exportação Camila Nogueira, de 31, está matriculado no Instituto de Educação Infantil São José. Para ela, é importante que o município invista na valorização dos profissionais da educação.

    “Precisamos de mais professores e profissionais capacitados para envolver os alunos cada vez mais junto à escola. Atendimento psicológico para o aluno e família também seria importante”, comenta.

    Primeira etapa da Educação Básica, a Educação Infantil é direcionada a crianças de 0 a 3 anos (creche) e de 4 a 5 anos (pré-escola). Já o Ensino Fundamental atende crianças de 6 a 14 anos e compreende a fase do 1º ano ao 9º ano.

    Santos conta com 85 escolas municipais. De acordo com a prefeitura, atualmente, há 28.478 alunos matriculados na rede municipal de ensino. Desse total, 7.908 correspondem a alunos da Educação Infantil, e 19.727 a estudantes do Ensino Fundamental.

    Atualmente, há 183 crianças à espera de vagas nas creches municipais de Santos. No Ensino Fundamental, não há lista de espera, segundo a municipalidade.

    O G1 Santos está produzindo, diariamente, reportagens especiais sobre as eleições 2020. Além de entrevistas exclusivas, levantamento de dados e serviço, os internautas podem acompanhar matérias de assuntos de interesse público e que preocupam bastante a população dos nove municípios da Baixada Santista e do Vale do Ribeira. Para acompanhar toda a cobertura basta acessar a página especial.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda