Prefeitura de Pelotas incentiva a alimentação saudável através de jogos nas escolas

0
26

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Brincadeiras inclusivas fazem com que o conhecimento chegue de forma lúdica e divertida a crianças e adolescentes

Repensar o consumo dos alimentos a partir do conhecimento, com a perspectiva de zelar pela saúde, é o objetivo do programa de Alimentação Escolar da Prefeitura, voltado aos estudantes da rede municipal de ensino.

Para tornar o aprendizado ainda mais lúdico, o Município desenvolveu seis jogos divertidos, responsáveis por trabalhar a educação alimentar e qualificar as atividades já desenvolvidas pelas nutricionistas nas escolas.

As ferramentas construídas pelo Centro de Apoio, Pesquisa e Tecnologias para a Aprendizagem (Capta), da Secretaria de Educação e Desporto, também têm outro ponto positivo: todos possuem acessibilidade, ou seja, todas as crianças e jovens, com ou sem deficiências, podem brincar a aprender juntos.

Na quinta-feira, dia 5 de setembro de 2019, foi a vez dos alunos da Emef Jeremias Fróes, no Porto, conhecerem as brincadeiras e conversarem sobre a importância da alimentação saudável e nutritiva.

“É nesta idade que construímos nosso padrão alimentar e, por isso, é tão importante que os alunos tenham consciência, desde cedo, sobre o que estão ingerindo. Os jogos são ferramentas para adquirir este conhecimento de forma diferenciada”, afirmou a responsável técnica pelo programa, Maria Cristina Ramires.

A profissional também lembrou que a alimentação saudável está diretamente ligada à prevenção da obesidade e de enfermidades, como hipertensão e diabetes.  

A nutricionista Ana Paula Gomes explicou, aos estudantes, os tipos de processamento dos alimentos e identificou as opções mais saudáveis e aquelas prejudiciais à saúde. Por meio de um dos jogos – um semáforo idealizado para classificar os itens mais benéficos e nocivos –, os alunos puderam refletir em conjunto a respeito do consumo de itens, como batata frita, macarrão instantâneo, carne e verduras.  

Mudança de hábitos

O trabalho desenvolvido em sala de aula já tem surtido efeito, contou a diretora Patrícia Duarte. Ela salientou que a temática já é trabalhada pelos professores durante todo o ano, mas que a conversa com a nutricionista ajuda a fortalecer as orientações.

“Estimulamos os alunos a não trazerem merendas como salgadinhos e refrigerantes, e os incentivamos a consumir mais a merenda disponibilizada pelo Município. Isso tem dado bons resultados”, completou.  

Cinco sentidos

Os jogos adaptados consistem em brincadeiras que envolvem os cinco sentidos. Entre elas, uma caixa tátil, onde os estudantes são desafiados a descobrir quais alimentos estão ali contidos; um semáforo, um bingo, uma réplica de um telefone e um percurso elaborado no chão. Materiais em braille compõem as ferramentas lúdicas de aprendizagem.  

A supervisora do Capta, Ângela Soares, reforça que todos eles foram idealizados a partir da perspectiva do desenho universal. “As ferramentas são atrativas e lúdicas porque acreditamos que esta é a melhor forma de aprender”, disse. O projeto ‘‘Construção de Jogos e Materiais Adaptados” será levado pelas nutricionistas da Prefeitura aos 89 educandários municipais de Pelotas. 



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda