Quando é recomendada a troca de prótese de silicone?

0
22

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Entenda as principais indicações para a mudança dos implantes mamários

Créditos: pexels.com

Após a mamoplastia de aumento é sempre importante mencionar que existem cuidados que a paciente deve ter ao longo da vida. Um dos principais — e que você já deve saber — são as visitas periódicas ao seu médico que realizou a cirurgia para que haja uma espécie de revisão.

Nesta revisão, serão avaliados vários fatores, como: conforto, resultado estético da cirurgia, dores, riscos e inúmeras outras questões que são essenciais para sua saúde.

A periodicidade dependerá do seu quadro clínico em especial, mas, normalmente os médicos mais experientes indicam uma revisão anual para avaliação dos implantes de silicone.

Na maioria das mulheres não acontecem nenhum tipo de problema. Em outras, existe o que se conhece como contratura capsular e outros sinais e sintomas que indicam que a prótese deve ser trocada para evitar maiores desconfortos e até mesmo danos à saúde.

No post de hoje, nós falaremos justamente quando as próteses de silicone devem ser trocadas. Todos os principais casos serão mencionados e esperamos que você tire todas suas dúvidas lendo este material.

Pronta para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

As próteses de silicone possuem “validade”

Um dos primeiros pontos que devem ser mencionados é que a prótese de silicone pode não durar para sempre, como algumas mulheres acreditam. Na verdade, seja qual for o modelo ou marca, saiba que o implante apresenta uma espécie de “validade” que é variável.

Seu cirurgião plástico é o principal responsável por mencionar esta informação. Inclusive, ele também é a pessoa mais indicada para falar sobre a variedade dos modelos, preços das próteses, benefícios e uma série de outros fatores que envolverão sua mamoplastia.

Em média, uma prótese com bom custo-benefício e com característica texturizada apresenta um prazo de no mínimo 10 anos. Alguns cirurgiões ainda apontam que este prazo pode se estender para o limite de 25 anos de “validade”.

Mais uma vez, deve ser ressaltada a importância das consultas de revisão para que esse médico consiga, de fato, indicar onde você está inserida dentro desse longo período entre as trocas das próteses.

Entretanto, para aliviar ainda mais suas dúvidas, saiba que a maioria esmagadora das mulheres que aumentam os seios permanece na “faixa padrão” dos 10 anos, a não ser que aconteça algum problema não esperado, que é o que falaremos abaixo.

No caso de rompimento, a troca é imediata

Hoje o rompimento das próteses de silicone atinge somente 1% das mulheres que se submetem à mamoplastia de aumento. Ainda assim, é sempre importante entender e saber identificar quais são os principais sinais do rompimento dos implantes para ter mais segurança.

Quanto aos sintomas, saiba que eles na maioria das vezes não existem. As mulheres não sentem absolutamente nada. Em contrapartida, uma pequena parcela dos casos de rompimento relata dores nos seios.

Isso significa, em outras palavras, que somente o médico pode diagnosticar o rompimento. Especialmente se ele ocorrer de maneira breve após sua cirurgia plástica, uma vez que é comum sentir um pouco de dor após algumas semanas da operação.

Os sinais mais importantes e que costumam servir como suspeita para o rompimento dos implantes é a modificação na consistência das próteses. Mudança no formato dos seios ou algum outro tipo de diferença estética servem como principais “suspeitas” para indicar que algo não está como deveria.

Assim que sentir qualquer um desses sintomas, faça uma consulta com seu cirurgião plástico o mais rápido possível. Exames de imagens serão indicados — como a ultrassonografia e a mamografia — para realmente conseguir diagnosticar a integridade dos implantes de silicone.

Fique atenta aos sintomas da Contratura Capsular

A contratura capsular é, na verdade, a principal causa da troca de prótese mamária antes do prazo recomendado que mencionamos acima.

Para quem não sabe, a contratura nada mais é do que uma reação natural do organismo aos implantes de silicone. Esta condição também costuma ocorrer em uma parcela pequena das mulheres que se submetem a cirurgia de aumento dos seios, mas, é fundamentalmente importante entender a existência deste fato.

A contratura capsular apresenta quatro graus de gravidade e normalmente é a principal preocupação do cirurgião plástico logo após a mamoplastia.

Nos dois primeiros graus normalmente não são observados nenhum sintoma debilitante, sendo somente a dor um sintoma recorrente — que mais uma vez, não é o suficiente para diagnosticar o quadro clínico de rejeição.

Os principais sinais e sintomas que você deve se atentar são: a assimetria nos seios, enrijecimento das próteses e ondulações e mudanças de textura sob a pele — normalmente os silicones ficam com aspecto “ondulado”.

Estando com pelo menos dois desses sintomas é essencial marcar uma consulta com seu cirurgião plástico. Assim como no caso de rompimento, exames de imagem podem ser necessários para um diagnóstico certeiro.

Ultrassonografia, tomografia, mamografia e demais exames (como a ressonância magnética) podem ser prescritos para determinar a existência da contratura e sua gravidade.

O tratamento envolve a remoção das antigas próteses e a remoção da película que forma a “cápsula” em torno dos implantes. A recolocação do silicone pode ocorrer em curto ou médio prazo após esta nova cirurgia de baixo risco.

Esses são os três principais momentos em que a troca da prótese de silicone é indicada. Note que o médico responsável sempre estará presente ao longo de cada um desses casos.

Por essa e por outras razões é imprescindível que você opte por um profissional qualificado e experiente. Essa medida faz com que os riscos sejam drasticamente reduzidos assim como os resultados sejam consideravelmente melhores do que o esperado.

Não se esqueça também que os cuidados no pós-operatório são essenciais para evitar infecções, os problemas citados e uma série de outros desconfortos que podem diminuir sua qualidade de vida.

O sucesso da sua cirurgia de aumento dos seios depende de uma série de fatores e é muito importante que você tome cuidado de tudo que está ao seu alcance para poder aproveitar do seu novo visual.

Esse foi nosso post de hoje sobre quando é recomendada a troca da prótese de silicone. Gostou do conteúdo? Não deixe de comentar abaixo sua opinião ou experiência com este importante assunto que envolve uma das cirurgias plásticas mais realizadas no mundo!

Fonte: Aescare



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda