Quanto custa fazer uma rinoplastia? Veja todos os custos

0
122

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.
arrow-options
Reprodução/Shutterstock

Confira quanto custa fazer uma rinoplastia.

Se você está pensando em fazer uma rinoplastia , mas está na dúvida a respeito do preço do procedimento, algumas respostas podem estar aqui.

Somando todos os gastos, o procedimento dificilmente sairá por menos de R$9.000 . Mas esse valor pode aumentar muito de acordo com vários fatores, como a situação do paciente e o grau de especialização do médico escolhido.

“Não existe muito um limite de preço, tem casos que são muito simples e casos que são muito complexos”, afirma Alan Landecker, médico cirurgião especialista em rinoplastia. 

Leia também: Como é a cirurgia? Dói? Vale a pena? Tire todas as dúvidas sobre a rinoplastia

A rinoplastia é uma cirurgia realizada na estrutura do nariz, com o objetivo de melhorar a estética ou a respiração do paciente. Dentre as cirurgias plásticas, o procedimento já é o quarto mais realizado no mundo, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética. 

Leia também: Famosas admitem plástica no nariz

Separando os gastos da rinoplastia

As variáveis influenciam muito no preço cobrado pelo cirurgião, mas os pacientes devem levar diversos custos em consideração. Além do médico, gasta-se também com anestesista, instrumentos cirúrgicos e hospital para realizar uma rinoplastia. 

Quanto custa um anestesista?

Alguns médicos já possuem anestesistas em suas equipes, de forma que o preço pago pelo profissional já estará incluído no valor final estabelecido pelo médico. Mas, em muitos casos, é preciso pensar nesse gasto de forma separada. 

De modo geral, o valor do anestesista flutua entre R$1.300 e R$2.000. Esse valor, porém, também pode variar de acordo com a complexidade do caso, mas costuma representar cerca de 30% ou 40% em relação ao preço cobrado pelo cirurgião. 

rinoplastia arrow-options
Reprodução/Shutterstock

O procedimento não sai por menos de R$9.000. Confira todos os gastos.

Leia também: A cada dois minutos um homem faz um tratamento estético

Quanto custa a instrumentação cirúrgica?

Esse é o custo que costuma flutuar menos, não dependendo da complexidade da cirurgia. No geral, a instrumentação cirúrgica para a rinoplastia gira em torno de R$250, podendo chegar, no máximo, até cerca de R$900.

Quanto custa o hospital?

Como qualquer cirurgia, a rinoplastia precisa ser feita dentro de um hospital, e esse também é um custo que deve ser levado em consideração pelo paciente. Esse valor também flutua bastante de acordo com o hospital escolhido. No geral, o preço gira em torno de R$1.500 a R$4.000 . Mas, assim como na escolha do cirurgião, aqui não há limites de preço. “O céu é o limite”, brinca Ciantelli. 

Marco Tuzino, cirurgião especialista em rinoplastia , afirma que existem muitos hospitais mais famosos que acabam cobrando bem mais caro pelas salas cirúrgicas.

Segundo ele, não dá para escolher qualquer hospital, mas também não é preciso desembolsar tanto dinheiro. “Você tem que ter as condições básicas, fundamentais, que a gente não abre mão”. 

Tuzino afirma que a complexidade da cirurgia também influencia no preço do hospital já que, quanto mais difícil o caso, mais tempo o procedimento tende a demorar.

Segundo os especialistas, um rinoplastia pode demorar de três até nove horas, a depender do caso. Outro fator relevante é que alguns cirurgiões já possuem acordos com hospitais com os quais estão habituados a operar, conseguindo valores mais interessantes para os pacientes. 

Leia também: Ivete, Anitta e famosas que estão à vontade para assumir procedimentos estéticos

Por que o preço dos cirurgiões varia tanto?

A parte mais cara da rinoplastia, sem dúvida, é o valor pago ao cirurgião . E esse também é o valor que mais oscila. Se existem médicos recém formados que cobram R$4.000 pelo procedimento, também existem cirurgiões bastante especializados que chegam a cobrar valores próximos de R$35.000

Tuzino explica que a cirurgia de nariz é muito complexa, e que os médicos estão estudando cada vez mais o procedimento. “Hoje, está cada vez mais claro que a rinoplastia é uma cirurgia complexa. A técnica é muito específica, então a curva de aprendizado do cirurgião é muito grande”, explica. 

Refazer aumenta o valor

Deixando os exageros de lado, é sempre muito importante escolher um bom profissional para realizar o processo. Pagar mais barato pela rinoplastia pode significar ter que refazê-la e, aí, os custos sobem bastante. 

Cirurgias no nariz feitas pela segunda ou terceira vez costumam ser muito mais complexas, sobretudo por conta da impossibilidade de se usar o enxerto do próprio nariz.

No geral, o valor aumenta cerca de 30%. “Um nariz que já foi operado uma vez é mais difícil de ser operado uma segunda vez”, justifica Tuzino.

O cirurgião, que afirma que quase metade dos casos que opera são revisões de cirurgias anteriores, diz que isso é muito recorrente no Brasil. “Tem muita gente operando e pouca gente capacitada para operar nariz”.

Convênio médico cobre rinoplastia?

Apesar da parte estética da rinoplastia não ser coberta pela maioria dos convênios médicos (a não ser em situações pós-traumáticas), os especialistas dão uma dica para quem também tem questõs funcionais associadas.

A rinoplstia pode ser feita junto com outras cirurgias do nariz, como a correção do  desvio de septo . Nesses casos, o convênio cobriria toda a parte funcional da cirurgia, que inclui a internação e o anestesista. Isso acaba barateando para o paciente. “Ele vai pagar a diferença pela parte estética, já não é o valor cheio”, afirma Tuzino. 

O que levar em conta na hora da cirurgia?

Quando pensamos no custo desta cirurgia, é preciso estar atento a duas questões principais. A primeira delas é que não é possível ter um valor exato do procedimento antes de ter o seu caso avaliado.

E a segunda é que os custos vão muito além do valor pago ao cirurgião. O paciente que se submete à rinoplastia também precisa pagar anestesista, internação médica e instrumentação cirúrgica. 

O médico cirurgião Guilherme Lippi Ciantelli explica que o grau de complexidade da cirurgia é, muitas vezes, determinado pela estrutura da cartilagem do nariz do paciente, que será trabalhada como enxerto durante o procedimento.

“No geral, a gente utiliza o septo do nariz como enxerto, mas quando o paciente já operou septo ou já operou rinoplastia em outro momento, eu não tenho mais esse enxerto disponível, e eu acabo tendo que partir para outras cartilagens no corpo, como orelha ou costela. E aí isso acaba influenciando no custo ”, explica Ciantelli. 

Marcelo Wulkan, cirurgião plástico também especializado em rinoplastia, explica que há, ainda, outras variáveis que influenciam na complexidade do procedimento e, portanto,  no custo.

“Depende também do tipo da pele da pessoa , do que ela deseja modificar, se é muito simples ou não, se vai ter parte funcional associada. Por isso que tem uma amplitude de preço muito grande”, explica.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda