Quase 50 mulheres são vítimas de golpe que prometia cirurgia plástica

0
129

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Quase 50 pernambucanas registram queixa na Polícia Civil relatando terem sido vítimas de um golpe que prometia a realização de cirurgias plásticas cujo pagamento era feito na modalidade de consórcio. As primeiras sorteadas, porém, não conseguiram fazer os respectivos procedimentos nem foram ressarcidas dos valores pagos. O caso foi denunciado à Delegacia de Repressão ao Estelionato, no Depatri, no bairro de Afogados, Zona Oeste do Recife.

A autônoma Maria Auxiliadora da Fonseca pagou boletos de valores entre R$ 285 e R$ 325 com o intuito de fazer uma cirurgia no abdômen. Somando os valores pagos, ela investiu R$ 15 mil e foi sorteada em abril, mas nunca conseguiu fazer o procedimento. “Marquei três vezes, mas sempre desmarcavam no dia. Foi quando começaram a relatar casos semelhantes, então começaram a excluir e fechar o grupo”, conta ela.

Maria Auxiliadora e outras 48 mulheres se reuniram para formalizar a queixa. O grupo lesado criou uma página no Instagram, onde compartilha os relatos de quem quitou as mensalidades mensalidades mas não conseguiu se submeter às cirurgias. As vítimas alertam que a empresa responsável pelo consórcio criou uma nova página para continuar aplicando os golpes.

No Instagram, a empresa divulgou nota em que alega que estar sendo vítima de uma página falsa se passando por ela. Leia abaixo na íntegra:

“O grupo SEA (Sonho Entre Amigas), através da presente nota vem informar aos seus clientes e colaboradores que tomou conhecimento de uma página na internet se passando pela empresa e compartilhando informações falsas. Em respeito aos clientes, informamos que estamos fazendo a apuração dos responsáveis pela página para a responsabilização civil e criminal decorrente destas acusações e do conteúdo publicado. O grupo SEA repudia qualquer tipo de divulgação de conteúdo falso e se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos complementares aos seus clientes”

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda