Santistas podem sugerir ideias para o plano de retomada

0
44

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A prefeitura vai ouvir os santistas que quiserem sugerir ideias para o plano de retomada econômica gradual na cidade até o dia 27 de maio

Publicado nesta quarta-feira (20), o documento está disponível no Santos Portal até dia 27. As propostas – que podem ser enviadas pela caixa de comentários ou pelo e-mail [email protected] – serão avaliadas pelo grupo técnico liderado pela Secretaria Municipal de Governo (Segov) para estudar o assunto e poderão ser incorporadas caso haja viabilidade técnica.

Na terça-feira (19), o plano foi discutido com diferentes segmentos da economia santista, incluindo representantes de empresários e empregados. Agora, a ideia é envolver toda a sociedade na elaboração de estratégias para superar a crise gerada pela pandemia.

Leia também: Marco Padrão e Praça da Paz, o que são e onde estão

“O plano vai ficar no site para consulta pública, permitindo que a população conheça tudo em detalhes: as etapas previstas para a reabertura, os critérios exigidos para que as atividades empresariais e serviços possam funcionar, as normas de controle, a fiscalização e outras questões relacionadas”, comenta o ouvidor municipal, Rivaldo Santos.

O documentos servirá de guia para quando as medidas de flexibilização forem adotadas. “Todos sentirão essa retomada. Com o comércio aberto, as pessoas terão condições de frequentar os estabelecimentos e a Prefeitura deverá garantir as medidas de prevenção nesses locais. É importante que todos conheçam as propostas, para aperfeiçoar e fiscalizar”.

Vai de delivery: mais de 60 bares e restaurantes no Festival Comer & Beber em Casa

Segundo o ouvidor, o plano não é apenas do poder público, mas um pacto de toda a cidade para proteger a vida das pessoas, “lembrando que economia e medicina não são antagônicas e devem seguir um mesmo caminho”.



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda