Substituição de prótese de silicone pode melhorar resultados e corrigir alterações nas mamas – Tudo do MS

0
5

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.


São Paulo – 31/07/2020 – A mamoplastia de aumento, técnica que utiliza próteses de silicone para aumentar os seios, é um dos procedimentos cirúrgicos mais procurados no Brasil e no mundo. Porém, o que poucos sabem é que, em alguns casos, os implantes mamários podem sofrer alterações no tamanho ou no formato com o passar dos anos, gerando insatisfação do paciente com relação a aparência dos seios. “Isso ocorre porque o organismo entende a prótese de silicone como um corpo estranho, formando um tecido em volta da prótese chamado de cápsula para se proteger. Com o tempo, essa cápsula pode tornar-se dura e rígida, causando algumas alterações visíveis na mama”, explica cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Além disso, é comum também que algumas mulheres procurem o consultório de cirurgia plástica para revisarem o tamanho das próteses mesmo quando não há alteração do material. “Enquanto algumas mulheres desejam aumentar o tamanho dos seios por julgarem que a prótese atual não atende seus desejos, outras procuram pela diminuição do tamanho das próteses para alcançar um resultado mais natural ou evitar complicações como flacidez, estrias e dores nas costas causadas pelo tamanho excessivamente grande das prótese”, destaca o cirurgião plástico.

Com relação ao tempo para realizar a revisão da prótese, esse pode variar de acordo com cada paciente. Nos casos de insatisfação com o tamanho da prótese, a paciente pode procurar o cirurgião plástico novamente logo após a cicatrização total do primeiro procedimento. “Já o tempo de duração da prótese dentro do organismo é imprevisível. As alterações devido ao encapsulamento do implante podem acontecer em 5, 10 ou 20 anos, e até mesmo nunca acontecer, tudo depende da reação de cada organismo. Por isso, é importante ficar atento aos sintomas de alerta para troca da prótese, que incluem endurecimento, mudança da forma dos seios e dor. Mas a boa notícia é que, para esses casos, grande parte dos fabricantes oferece uma garantia vitalícia para a substituição do implante”, afirma o médico.

De acordo com o Dr. Mário Farinazzo, o procedimento de revisão e substituição da prótese mamária é realizado de forma parecida com o primeiro implante do silicone. “No procedimento, o cirurgião realiza a incisão, geralmente sob o seio, para retirada da prótese antiga, que pode estar sob a glândula ou sob o músculo, e, em seguida, implanta a nova prótese, ajustando-a para que permaneça no lugar correto e realizando a sutura para fechar a incisão”, explica o especialista. Trata-se de uma cirurgia rápida, que dura em torno de 2 horas, sendo realizada sob sedação, anestesia geral ou peridural. “Dependendo da finalidade do procedimento, o cirurgião ainda pode remodelar o bolso da prótese para reposicionar o local do implante, reduzir o excesso de pele das mamas ou alterar o tamanho, forma ou estilo do implante mamário.”

Por isso, o recomendado é que, mesmo após a realização do procedimento, você continue visitando seu médico regularmente para fazer o acompanhamento da prótese.  “Dessa forma, o cirurgião plástico poderá realizar uma avaliação para verificar se existe ou não a necessidade de realizar a revisão e substituição. Em caso positivo, converse francamente com o médico sobre suas expectativas e desejos para esse novo procedimento. Assim, ele poderá indicar a prótese e o procedimento mais adequado para você de modo que o resultado seja natural e satisfatório”, finaliza o Dr. Mário Farinazzo.

FONTE: DR. MÁRIO FARINAZZO – Cirurgião plástico, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o médico é especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Professor de Trauma da Face e Rinoplastia da UNIFESP e Cirurgião Instrutor do Dallas Rinoplasthy™ e Dallas Cosmetic Surgery and Medicine™ Annual Meetings. Opera nos Hospitais Sírio, Einstein, São Luiz, Oswaldo Cruz, entre outros. www.mariofarinazzo.com.br



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda