Trump intensifica eventos de campanha a pouco mais de 2 semanas das eleições nos EUA | Jornal Nacional

    0
    11

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A pouco mais de duas semanas da eleição presidencial americana, o presidente Donald Trump intensificou os eventos de campanha pela reeleição neste sábado, e com a votação já em andamento.

    O sábado teve fila de eleitores em alguns dos estados onde a votação já começou. Até agora, 22 milhões de americanos votaram antecipadamente. Os candidatos têm até 3 de novembro para convencer quem ainda não foi às urnas.

    O presidente Donald Trump marcou para este sábado (17) viagens para o Michigan, Wisconsin e Nevada. Apesar da pandemia, o presidente tem feito comícios tradicionais.

    Na sexta esteve na Flórida e na Geórgia e levou a assessora Hope Hicks para o palco: “Ela testou positivo e se recuperou tão rápido”. Trump também se referiu a si próprio como exemplo de vitória sobre a Covid. E zombou dos comícios do adversário, o candidato democrata Joe Biden. “Eles têm círculos”, referindo-se às marcas para o distanciamento social. “E as máscaras que ele usa são sempre tão grandes”, disse.

    Joe Biden não fez comício neste sábado, mas na sexta foi ao Michigan. Os apoiadores participaram de dentro dos carros. Biden perguntou: “Quantas cadeiras vazias estarão ao redor da mesa de jantar esta noite por causa da negligência de Trump?”. Referindo-se aos mais de 218 mil mortos pela Covid, no país. E afirmou: “Trump continua dizendo que o vírus vai desaparecer como que por milagre. Mas não está desaparecendo. Está piorando”.

    Joe Biden vem conseguindo manter a vantagem na média nacional das pesquisas de intenção de voto. Está nove pontos percentuais à frente de Donald Trump. E, em setembro, a campanha de Trump arrecadou US$ 247 milhões. A de Biden, US$ 383 milhões.

    Trump tem reagido com ataques pessoais e acusações sem provas contra o adversário: “Ele é um político corrupto e a família Biden é uma empresa criminosa”. E, incitou os apoiadores: “Cadeia neles”.

    Joe Biden tem se apresentado como o oposto de Trump: “Escolhemos a esperança ao invés do medo, a unidade à divisão, a ciência à ficção. E a verdade em vez de mentiras”.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda