20 de maio, quinta-feira

    0
    16

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Bom dia. Veja o que você precisa saber para começar o dia bem informado. Hoje tem a segunda parte do depoimento de Pazuello na CPI. Entenda as investigações sobre Ricardo Salles, que ontem foi alvo de buscas da PF. Guerra sem fim: o premiê de Israel descarta cessar-fogo com o Hamas. Um bebê nasce em Santa Catarina já com anticorpos contra o coronavírus. E o álbum póstumo de MC Kevin.
    Pazuello: Parte II
    Ninguém esperava, mas o depoimento de Eduardo Pazuello na CPI da Covid terá um segundo episódio. O ex-ministro volta ao Senado agora de manhã, com transmissão ao vivo no G1. Ontem, Pazuello deixou a comissão durante o intervalo, no fim da tarde. O senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que ele passou mal e teve uma síncope vasovagal. Entenda o que é.
    Durante o depoimento, Pazuello tentou blindar o presidente Jair Bolsonaro e disse que jamais recebeu ordens para frear a compra da CoronaVac. Também negou ter ignorado as ofertas de vacinas da Pfizer e revoltou alguns senadores ao falar do colapso do oxigênio em Manaus. Para integrantes da CPI, o depoimento foi recheado de mentiras e contradições.
    Assista aos principais momentos no vídeo abaixo:
    CPI da Covid: Depoimento do ex-Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello
    OUÇA abaixo a análise do podcast “O Assunto: a voz de Bolsonaro na CPI”.
    Leia também:
    Saiba o que é #FATO e o que é #FAKE nas declarações de Pazuello
    Compare: o que disse Pazuello e o que de fato ocorreu no governo
    OCTAVIO GUEDES: Água benta foi a maior mentira do ex-ministro
    Com o ajuste no calendário da CPI, quem ganhou tempo foi Mayra Pinheiro, secretária do ministério conhecida como “capitã cloroquina”. O depoimento dela ficou para a semana que vem.
    Privatização da Eletrobras
    A Câmara dos Deputados aprovou ontem à noite, por 313 votos a 166, uma medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras. O texto segue agora para o Senado.
    Salles sob suspeita
    Ricardo Salles, o ministro do Meio Ambiente, foi alvo de buscas da PF ontem e chamou a operação de “exagerada”. Mas a investigação aponta movimentações suspeitas de R$ 14 milhões ligadas ao escritório de advocacia do qual ele é sócio. Veja aqui os detalhes. A polícia mira um suposto esquema de exportação ilegal de madeira com aval de Salles. O presidente do Ibama, Eduardo Bim, foi afastado. A operação foi autorizada por Alexandre de Moraes, ministro do STF.
    Guerra sem fim
    O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse ontem que levará adiante a ofensiva em Gaza. O premiê ignorou a pressão internacional e até mesmo os apelos do aliado Joe Biden (que defendeu timidamente um cessar-fogo com o Hamas). Netanyahu diz que a prioridade é a segurança de Israel. Em quase duas semanas de conflito, bombardeios em Gaza mataram mais de 200 palestinos. Do lado israelense, mísseis do Hamas deixaram 12 mortos.
    SANDRA COHEN: gigante israelense apela para a coexistência com árabes e é alvo de boicote de radicais de direita
    Números da pandemia
    Após 8 dias em queda, a média móvel de mortes aponta agora estabilidade. Com 2,4 mil óbitos novos óbitos, o total passou de 421 mil. Mapa mostra situação em cada estado. Mais de 40 milhões tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19. É quase 20% da população. Os números são do consórcio de veículos de imprensa.
    Vacinação em SP
    A Prefeitura de São Paulo antecipou para esta quinta vacinação contra Covid de pessoas acima de 45 anos com comorbidades. Também serão vacinadas pessoas com deficiência permanente beneficiárias do BPC. Calendário estadual prevê vacinação para estes grupos a partir de sexta-feira.
    E levantamento do G1 aponta que pelo menos 18 cidades da Grande São Paulo estão exigindo documentos diferentes dos previstos no Plano Estadual de Imunização (PEI) para vacinar pessoas com comorbidades. Moradores relatam dificuldade para comprovar doenças preexistentes.

    Colapso na Índia
    São chocantes as imagens das centenas de corpos que estão se acumulado nas águas e nas margens do rio Ganges, o mais sagrado da Índia (veja no vídeo). Há semanas o país vive um colapso sanitário causado pela Covid-19. Números oficiais apontam 275 mil mortes, mas é certo que há uma enorme subnotificação. O “cemitério” do Ganges, onde os corpos são enterrados e cremados por familiares, é um forte indício disso.
    VÍDEO: Rio Ganges vira ‘cemitério’ com corpos flutuantes ou enterrados às margens
    Dose de esperança
    Exames apontaram que Enrico tem no sangue anticorpos contra o coronavírus
    Talita/Arquivo Pessoal
    Nasceu em Tubarão, Santa Catarina, um bebê que já tem anticorpos no sangue contra o coronavírus. Enrico é filho de Talita, médica que trabalha em um posto de saúde e foi vacinada quando estava com 34 semanas de gestação. “Ficamos emocionados. É uma dose de esperança a todos”, diz a mãe.
    É o fim do self-service?
    Com mais de um ano de pandemia, o vaivém de medidas restritivas e muita gente ainda no home office, ficou difícil manter os restaurantes por quilo, o tradicional self-service. Nas regiões de prédios de escritórios, muitos não resistiram. Onde antes havia filas de colegas de trabalho esperando a vez de pegar a bandeja, agora há portas fechadas e placas de “aluga-se”. Os que continuam funcionando não recebem nem 10% dos clientes de antes. Leia a reportagem.
    Investimento no Brasil
    Investimento no Brasil tem pior década em 50 anos. Taxa do país deve ser uma das menores do mundo em 2021. Levantamento da FGV mostra que a taxa média de investimento foi de apenas 17,7% do PIB entre 2011 e 2020, bem abaixo dos picos de 21,9% dos anos anos 70 e 80.
    Greve suspensa
    Os metroviários de São Paulo suspenderam a greve e devem voltar ao trabalho. Ontem, a paralisação causou longas filas no terminais de ônibus e trânsito recorde na cidade.
    Bolada
    A Mega-Sena acumulou e pode pagar R$ 48 milhões no sábado (22). Ontem, a Quina saiu para 72 apostas. Confira as dezenas.
    Álbum póstumo
    MC Kevin deixou um álbum pronto que virou um lançamento póstumo e sai nesta sexta (21). “Passado e presente” tem dez faixas inéditas do cantor, que morreu aos 23 anos após cair do 5º andar de um hotel no Rio. O G1 ouviu duas músicas reflexivas e intensas, nas quais Kevin lembra o passado em que chegou a passar fome e teve ajuda dos vizinhos, fala sobre a superação com o funk, faz críticas sociais e também cita amigos falsos. Leia as letras.
    Bin Laden ‘censurado’
    Lembra do MC Bin Laden? Aquele que estourou em 2015 com “Tá tranquilo, tá favorável”. Hoje com 26 anos, ele faz planos para voltar ao “funk de quebrada”. Em entrevista ao G1, Bin Laden conta que não teve muitos trabalhos na pandemia, mas que aproveitou para focar em novos trabalhos. Após emagrecer 40 kg, ele fala sobre a “pressão estética” que enfrenta. Leia a entrevista.
    ‘Army of the dead’
    Filme de Zack Snyder estreia nesta sexta-feira. Ao G1, diretor fala sobre paixão por zumbis e super-heróis e o que o motiva a buscar novos projetos.
    Armazenamento de dados
    Entenda no blog do Altieres Rohr como funcionam as permissões e a segurança de armazenamento de dados em smartphones.
    Libertadores
    O Flamengo empatou com a LDU e garantiu vaga nas oitavas. O time carioca jogou a maior parte do jogo com um jogador a menos, pois Willian Arão foi expulso no primeiro tempo. O Atlético-MG venceu o Cerro Porteño no Paraguai e tem a melhor campanha do torneio. E o River Plate viveu noite histórica: mesmo com um volante no gol e sem reservas, bateu o Santa Fe. Clique aqui para ver a classificação e os jogos de hoje.
    São Paulo e Palmeiras iniciam esta noite, com transmissão da TV Globo, a decisão do Paulistão. O segundo jogo será realizado domingo.



    Fonte