A rotina de beleza de Emilia Clarke – Revista Marie Claire

0
11

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Emilia Clarke (Foto: Reprodução / Instagram)

Passado um ano da implantação das primeiras medidas anticovid-19 no Reino Unido e a poucas semanas do que possivelmente será o fim definitivo do lockdown britânico (o primeiro-ministro, Boris Johnson, anunciou a reabertura total dos países para o dia 21 de junho), o sentimento de Emilia Clarke, nascida e criada em Londres, é um só: “Me leve para a balada!”, brinca em videochamada. 

Aos 34 anos – dez deles interpretando a mesma personagem, Daenerys Targaryen, em Game of Thrones –, Emilia conta que a quarentena dela não foi muito diferente da de ninguém, guardadas as devidas proporções. Dragões à parte, a atriz usou esse tempo pós-Khaleesi para investir em sua própria produtora audiovisual, criada em 2016, e num projeto de caridade que lhe toca em um lugar muito especial: Emilia sobreviveu a dois aneurismas enquanto gravava a série e criou a instituição SameYou para arrecadar fundos e promover conversas sobre lesões cerebrais.

“Estava com uma peça em cartaz quando tudo isso começou, chegamos a fazer quatro apresentações, mas tive que me adaptar rapidamente”, conta. O tempo em casa, trabalhando em produções próprias e na instituição, também permitiu a Emilia cuidar mais de si mesma. Ela conta que, desde pequena, aprendeu com a mãe a limpar, tonificar e hidratar a pele. “Duas vezes ao dia. Foi a primeira dica de beleza que ela me deu e virou regra lá em casa.”

Emilia Clarke (Foto: Divulgação)

Emilia Clarke (Foto: Divulgação)

A relação com a beleza e o autocuidado a levou a ser embaixadora global da norte-americana Clinique. Primeira mulher a carregar o título em 53 anos de história da gigante dos cosméticos, a atriz também é o rosto de um dos clássicos da marca em versão repaginada: o Moisture Surge. O hidratante, que ganhou um upgrade e promete 100 horas de hidratação prolongada, mesmo após lavar o rosto, traz na fórmula ácido hialurônico e cafeína. Alô, Clinique, pode beber o produto em baldes? (É brincadeira. Não pode, não!)

O dia de beleza ideal de Emilia começa com um longo banho – bem quente, “escaldante”, nas palavras dela –, com muitos sais ou óleos essenciais espalhados pela banheira, velas acesas pelo ambiente e música clássica. “Pode ser um audiolivro também”, diz. Ao final, segue os passos de skincare que aprendeu com a mãe e finaliza com o novo hidratante, claro. “A textura em gel faz você se sentir como se estivesse dentro da propaganda. E eu sei disso porque estava lá”, diverte-se. “A alta tecnologia, que incentiva sua pele a funcionar melhor, também é surpreendente. É como um novo iPhone, realmente incrível.”

Em dias sem pressa, como quase todos os do último ano, ela gosta de brincar com texturas e cores na maquiagem. “Um belo lábio vermelho não faz mal a ninguém”, afirma. “Tem um efeito especial. Faz você sentir como se estivesse indo a algum lugar ou fazendo alguma coisa importante.” Se encontrar Emilia Clarke de batom vermelho por aí, lembre-se disso.



Fonte