Alberto Corazza, ex-diretor do Deinter-6, morre aos 82 anos no litoral de SP | Santos e Região

    0
    37

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O delegado aposentado e ex-diretor do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 6 (Deinter-6) Alberto Corazza Junior morreu em Santos, no litoral de São Paulo, nesta terça-feira (6), aos 82 anos.

    Aida Corazza Diniz Campos, de 53 anos, filha do ex-diretor, informou ao G1 que o delegado aposentado sofria com um câncer no pulmão, e chegou a ser internado no Hospital Ana Costa, em Santos, onde passou cerca de duas semanas. Ele enfrentava a doença cinco anos após um primeiro câncer. Apesar do tratamento no hospital, ele não resistiu.

    “Meu pai teve um câncer de mama em 2016, e teve metástase. Se não fosse a enfermeira que ficava com os meus pais, Maria Lucinete, ele nem teria sido internado. Meu pai era muito querido e merece todas as homenagens”, descreve Aida.

    Corazza será velado nesta quarta-feira (7), e terá o corpo cremado no Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos. A cerimônia será restrita a familiares.

    O Sindicato dos Funcionários da Polícia Civil de Santos e Região publicou uma nota lamentando a morte do profissional. “É com pesar que comunicamos o falecimento do delegado aposentado e ex-diretor do Deinter-6 Alberto Corazza Junior. Nossa manifestação de solidariedade aos familiares e amigos neste momento de dor”, diz a postagem feita pelo sindicato.

    VÍDEOS: As notícias mais vistas do G1



    Fonte