Aqui Acontece – Prevenção ao câncer de pele integra programação da expedição científica

0
55

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

23 Outubro 2021 – 04:00

A 4ª Expedição Científica do Baixo São Francisco, que envolve cerca de 60 pesquisadores de 28 diferentes áreas do conhecimento, vai contar com a participação do professor da Faculdade de Medicina (Famed) da Universidade Federal de Alagoas e cirurgião plástico, Fernando Antônio Gomes de Andrade. O docente é uma referência no tratamento de câncer de pele, com trabalhos publicados em revistas científicas internacionais.

Fernando Gomes tem doutorado em Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo e integra a equipe da pesquisadora Lydia Masako, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). “Nossa intenção é orientar aos profissionais de Saúde, não só aos médicos, mas a toda equipe que tem contato com a população ribeirinha, como enfermeiras, assistentes sociais etc, para prevenir e detectar precocemente os tumores cutâneos, principalmente os de maior incidência que são tumores cutâneos não melânicos”, destacou o pesquisador.

O câncer de pele não melânico, ou seja, que não se origina nas células que produzem os pigmentos, é menos agressivo, porém é um tipo que preocupa os especialistas por sua alta incidência, principalmente em regiões onde as pessoas se expõem mais ao sol. “Vamos levar equipamentos e, principalmente, compartilhar conhecimentos para detectar e tratar esse tipo de câncer, que quando descoberto e tratado ainda no início, tem grandes chances de cura”, explicou Fernando.

O cirurgião está em contato direto com as equipes de Saúde que serão visitadas durante a expedição, para antecipar a possibilidade de algumas cirurgias. “Em casos que já foram detectados e dos quais tivemos acesso aos exames, estamos organizando as condições para realizar cirurgias para tratamento do câncer. Para isso é preciso um ambiente hospitalar. Teremos o apoio das equipes médicas locais. Já estão programadas quatro cirurgias em Piranhas, mas outras cidades como Penedo, Pão de Açúcar e Propriá podem entrar nesse agendamento”, ressaltou o médico.

O organizador da expedição, professor Emerson Soares, destaca que as atividades de Saúde tiveram um aumento nessa edição. Segundo ele, a presença do pesquisador Fernando Gomes é muito importante, já que 30% de todos os tumores malignos do Brasil são de câncer da pele, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). “O trabalho que será realizado pelo cirurgião Fernando Gomes será uma novidade desta 4ª expedição e representa uma ação de muita relevância para os profissionais de Saúde e para a população das cidades que margeiam o Rio São Francisco”, revelou Soares.

Uma homenagem

Fernando Gomes fez questão de ressaltar que, entre os trabalhos e pesquisas sobre câncer de pele que realiza, um dos mais relevantes foi feito com comunidades quilombolas de Santana do Mundaú, onde são encontradas pessoas albinas, ou seja, que não produzem pigmentação da pele. “Entrei em contato com essa população através do médico e pesquisador Jorge Riscado, que veio a falecer recentemente”, lamentou Fernando.

Para Fernando Gomes, o pesquisador Jorge Riscado merece todas as homenagens. “Pela dedicação ao trabalho, pela produção científica, pelo compromisso com as comunidades mais vulneráveis. Riscado é realmente insubstituível. Uma pessoa singular, com uma contribuição substancial no campo científico e social”, enfatizou o médico.

por Lenilda Luna/Ufal



Fonte