Baixada Santista registra 130 novos casos e três mortes por Covid-19 em 24h | Mais Saúde

    0
    24

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Baixada Santista, no litoral de São Paulo, registrou 130 novos casos de Covid-19 neste sábado (9). De acordo com os boletins epidemiológicos divulgados pelas prefeituras, ainda foram registradas três mortes causadas pela doença no período de 24 horas.

    Ao todo, a região soma 172.992 casos confirmados e 7.122 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia. Ainda há 3.838 casos suspeitos e 125 mortes em investigação. O número de internações, segundo os boletins das prefeituras, é de 84, entretanto, o total real pode ser maior, já que algumas cidades informam apenas os pacientes internados em UTI ou leitos do SUS (veja tabela abaixo).

    Santos é a cidade com o maior número de internações, mas, registrou queda neste sábado, passando de 70 para 68 pessoas hospitalizadas. Destas, 32 são de Santos. A taxa geral de ocupação dos 389 leitos de Covid-19 disponíveis está em 17%. Entre os 200 leitos de UTI, a ocupação é de 20%. Na rede SUS, a taxa é de 28%, e na rede privada, 10%.

    Praia Grande foi o único município a registrar novas mortes pela Covid-19, três ao todo. A Baixada Santista soma 149.047 pessoas que se recuperaram da Covid-19.

    Confira os casos na Baixada Santista

    Cidade Confirmados Suspeitos Internados Óbitos Óbitos investigados Recuperados
    Santos 52.891 1.455 32 2.128 37 48.775
    Praia Grande 28.586 564 17 1.147 35 27.412
    Guarujá 26.722 625 13 1.252 19 11.206
    São Vicente 21.300 459 4 1.245 14 20.051
    Cubatão 16.286 229 2 508 0 15.724
    Peruíbe 8.223 87 2 233 1 7.882
    Itanhaém 7.337 339 6 315 13 6.909
    Mongaguá 5.370 67 2 129 0 5.172
    Bertioga 6.277 13 6 165 6 5.916
    Total 172.992 3.838 84 7.122 125 149.047

    * O número de internados em Cubatão é referente apenas a pacientes de UTI, e o de Guarujá é referente a internações do SUS, dados repassados pelas prefeituras.

    VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos



    Fonte