Baixada Santista registra 321 novos casos e 30 mortes por Covid-19 em 24h | Mais Saúde

    0
    22

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Baixada Santista, no litoral de São Paulo, registrou 321 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira (13). Segundo os boletins epidemiológicos, ainda foram somadas 30 mortes causadas pelo coronavírus nas últimas 24 horas.

    Ao todo, a região contabiliza 154.455 casos confirmados e 6.296 mortes causadas pela doença desde o início da pandemia. Ainda há 4.711 casos suspeitos, 278 mortes em investigação e 132.040 pessoas recuperadas da doença. O número de pessoas com sintomas de Covid-19 internadas na região teve aumento, passando de 381 para 412.

    Santos é a cidade com o maior número de internações, e registrou aumento nesta terça, passando de 274 para 307 pessoas hospitalizadas com sintomas da doença nas últimas 24 horas. A taxa geral de ocupação dos 660 leitos de Covid-19 disponíveis está em 47%. Entre os 350 leitos de UTI, a ocupação é de 50%. Na rede SUS, a taxa é de 43%, e na rede privada, 62%.

    Oito dos nove municípios da região registraram novos casos da doença, a exceção foi Mongaguá. Santos registrou dez óbitos, seguida de Praia Grande, Guarujá, São Vicente e Itanhaém, que somaram quatro mortes cada. Peruíbe somou três óbitos, e Cubatão um. O número de pacientes recuperados ultrapassou a marca de 132 mil.

    Confira os casos na Baixada Santista

    Cidade Confirmados Suspeitos Internados Óbitos Óbitos investigados Recuperados
    Santos 48.014 1.502 142 1.903 140 44.042
    Praia Grande 24.382 424 53 893 68 23.437
    Guarujá 24.179 19 40 1.174 23 10.813
    São Vicente 18.686 598 58 1.087 24 17.449
    Cubatão 14.554 213 5* 482 5 14.007
    Peruíbe 7.340 93 20 214 1 6.630
    Itanhaém 6.682 1.670 87 258 4 5.586
    Mongaguá 4.942 155 5 124 8 4.600
    Bertioga 5.676 37 2 161 5 5.476
    Total 154.455 4.711 412 6.296 278 132.040

    * O número de internados em Cubatão é referente apenas a pacientes de UTI, conforme é repassado pela prefeitura.



    Fonte