Baixada Santista soma 39,9 mil casos de Covid-19 e região chega a 1.465 mortes | Mais Saúde

    0
    122

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Baixada Santista, região de São Paulo, registrou novos casos de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, nesta terça-feira (4), chegando a 39,9 mil casos da doença. Segundo os boletins divulgados pelas prefeituras das nove cidades, a região totaliza 39.911 confirmações e 1.465 mortes causadas pela Covid-19. Ao todo, são 4.129 casos suspeitos, 86 mortes sob investigação e 29.121 pacientes que se recuperaram.

    Santos é a cidade com o maior número de casos, óbitos e internações em toda a região. Apesar disso, o número de internações por Covid-19 se manteve estável e nesta terça voltou a cair, com novas altas. Ao todo, há 259 pacientes em hospitais da cidade, destes, 135 são moradores de Santos e 124 de outros municípios.

    As nove cidades da Baixada Santista registraram novos casos da doença. Ao todo, foram 379 novas confirmações. Santos, Praia Grande, Guarujá, São Vicente, Cubatão, Bertioga e Mongaguá registraram novas mortes causadas pela Covid-19, 17 ao todo.

    Também foram contabilizados novos pacientes recuperados. De acordo com os boletins das nove cidades, nesta terça, a região ultrapassou a marca de 29 mil altas, sendo mais de 9 mil em Santos.

    Confira os casos na Baixada Santista

    Cidade Confirmados Suspeitos Internados Óbitos Óbitos investigados Recuperados
    Santos 15.267 562 135 485 29 9.044
    Praia Grande 5.963 656 25 152 19 5.599
    Guarujá 6.363 92 74 279 14 5.576
    São Vicente 4.610 957 68 281 3 1.922
    Cubatão 5.049 1.094 6* 162 8 4.699
    Peruíbe 451 268 9 23 4 317
    Itanhaém 575 126 21 39 5 521
    Mongaguá 397 155 9 15 2 308
    Bertioga 1.236 219 10 29 2 1.135
    Total 39.911 4.129 357 1.465 86 29.121

    * O número de internados em Cubatão é referente apenas a pacientes de UTI, conforme é repassado pela prefeitura.

    Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1



    Fonte