Braquioplastia: Como é a cirurgia e pós-operatório?

0
18

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Também conhecida como lifting de braço, a Braquioplastia é indicada para corrigir a flacidez da região

Imagem:shutterstock

A Braquioplastia é uma cirurgia plástica que remove o excesso de pele e os depósitos de gordura dos braços, deixando-os mais bem contornados e com a aparência firme. O procedimento também é popularmente conhecido como lifting de braços, e visa corrigir a flacidez do famoso “músculo do tchau”, que causa muitas vezes constrangimento quando o paciente vai acenar para alguém.

Este procedimento não deve ser confundido com a lipoaspiração de braços, que visa apenas remover a gordura localizada da região. A Braquioplastia é indicada para correção da flacidez e pode, dependendo do caso, ser associada à lipoaspiração para alcançar um resultado mais satisfatório. Entenda melhor a respeito deste procedimento e suas indicações a seguir!

Como funciona o lifting de braços?

A Braquioplastia é realizada a partir de uma incisão na parte mais interna no braço, por onde o cirurgião plástico poderá reposicionar a pele, remover excessos e eliminar a flacidez da região. Nos casos em que há gordura localizada, pode ser realizada uma lipoaspiração juntamente com o lifting de braços, alcançando assim um resultado mais harmonioso e bem definido.

A incisão é realizada na região da axila e segue para a face interna dos braços, embora nos casos de pouca flacidez apenas o corte na axila já é suficiente para o reposicionamento das estruturas.

O procedimento pode ser feito com anestesia geral ou com anestesia local e sedação. A primeira opção é geralmente indicada quando a Braquioplastia é realizada em associação com outras cirurgias plásticas.

Quando a Braquioplastia é indicada?

A cirurgia de lifting de braços é indicada para pacientes que apresentam flacidez severa e excesso de pele nos braços. Isso geralmente ocorre em indivíduos que perderam muito peso após cirurgia bariátrica ou programa de reeducação alimentar, mas também está associado a fatores genéticos e envelhecimento natural.

Esses são fatores que podem fazer com que a pele da região perca a elasticidade, apresentando a flacidez característica do “tchauzinho” e causa tanto incômodo. Em muitos casos, mesmo quando a pessoa mantém uma dieta adequada, pratica exercícios físicos regularmente e está dentro de um peso considerado ideal, essa flacidez nos braços não é eliminada, indicada a Braquioplastia.

Em geral, para se submeter a esta intervenção, o paciente precisa atender aos seguintes critérios:

  • Não ser fumante;
  • Apresentar expectativas realistas em relação ao procedimento;
  • Não estar acima do peso ou em processo de emagrecimento;
  • Não apresentar doenças que podem prejudicar a cicatrização ou trazer riscos à saúde do paciente.

Avaliação pré-operatória e cuidados necessários

Para averiguar se o paciente realmente se encontra em condições físicas e mentais para a realização da Braquioplastia, são realizadas consultas pré-operatórias e exames específicos para identificação de possíveis riscos cirúrgicos e doenças crônicas capazes de prejudicar a recuperação do indivíduo — tais como diabetes e hipertensão. Dessa forma, é possível minimizar os riscos e possibilidade de intercorrências na cirurgia.

Também pode ser necessário fazer pequenos ajustes na rotina do paciente, como suspender o uso de medicamentos e parar de fumar. Cabe ao cirurgião avaliar os benefícios que o lifting de braços pode trazer ao paciente e solicitar os exames pré-operatórios necessários para analisar as condições de saúde do paciente. Em geral, os exames que devem ser realizados são os de sangue, urina e saúde do coração.

Detalhes a respeito da cirurgia de Braquioplastia

Como foi explicado, o lifting de braços é realizado por meio de incisões que possibilitam a remoção da pele excedente e da gordura localizada. Em seguida, os tecidos da região são reposicionados e moldados para conferir um formato mais harmonioso ao membro. O cirurgião pode fazer suturas internas no braço do indivíduo, de modo a conferir sustentação às estruturas e impedir a flacidez.

Por fim, as incisões são fechadas e o procedimento é finalizado. Ao todo, a intervenção dura entre 2 e 4 horas, dependendo da quantidade e extensão de pele a ser removida. Caso a Braquioplastia seja realizada em conjunto com outras cirurgias — como mamoplastia e lipoaspiração —, o tempo total da operação naturalmente será maior.

Como é o pós-operatório do lifting de braços?

Por mais que esta seja uma intervenção segura, o pós-operatório da Braquioplastia demanda cuidados para evitar complicações como a abertura dos pontos cirúrgicos.

É necessário ter bastante atenção principalmente com a movimentação dos braços após a cirurgia, recomendada pelo menos uma semana de repouso e 21 dias sem levantar os braços ou fazer esforço físico.

Também é necessário usar malha elástica compressiva na região por pelo menos 1 mês, além de evitar a exposição solar na região operada e não fazer movimentos bruscos com os braços. Dependendo do caso, a drenagem linfática pode ser indicada para redução dos edemas localizados.

As principais complicações associadas ao procedimento dizem respeito aos riscos que envolvem qualquer tipo de cirurgia, tais como infecção, desenvolvimento de hematomas, presença de irregularidades na pele e alterações nas cicatrizes.

A pele da parte interna do braço é ligeiramente mais fina e sensível, demandando bastante atenção ao longo do processo de cicatrização. Evitar mexer os braços excessivamente é o principal cuidado para um pós-operatório de sucesso.

Resultados da Braquioplastia

Logo após a realização da cirurgia, é natural que a região apresente inchaços e hematomas. Apesar disso, já é possível notar as alterações no contorno dos braços e aparência de tonificação do membro.

O tempo para ver o resultado da Braquioplastia é de aproximadamente seis meses, embora este período possa variar de pessoa para pessoa, já que cada organismo apresenta um ritmo de recuperação e cicatrização da pele.

Após esse tempo, o paciente poderá observar um contorno mais bonito e bem definido dos braços, com menor flacidez e pele mais firme. A cicatriz resultante do procedimento é bastante discreta, ficando escondida na parte interna dos braços ou nas axilas. Caso o paciente apresente uma cicatriz escurecida ou endurecida, procedimentos específicos podem ser realizados para amenizar esta aparência.

Para saber mais a respeito da Braquioplastia, entender os benefícios deste procedimento e tirar todas as suas dúvidas sobre o lifting de braços, entre em contato e agende uma consulta com o Dr. Kiril Kasai.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;

Dr. Kiril Kasai.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Fonte