Chef Ruth Almeida leva empoderamento feminino e dicas gastronômicas ao Maranhão – Surgiu

0
16

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A convite do Governo do Estado do Maranhão, a chef de cozinha Ruth Almeida esteve nesta semana em São Luís para participar de duas atividades no campo da gastronomia – o lançamento do projeto “Mais Renda” e o curso “Formando e Cozinhando”. Nascida em Porto Franco (MA) e com o Tocantins como casa, Ruth retornou ao seu estado de origem com o objetivo de empoderar outras mulheres a trabalhar com gastronomia. “Assim como eu um dia sonhei, lutei, descobri novas possibilidades nessa área, eu vim mostrar a elas que também podem, basta acreditar e, claro, com algumas dicas especiais fica ainda mais fácil”, expressou Ruth Almeida.

Para o governador do Estado, Flávio Dino, a presença de Ruth é um exemplo de inspiração e sucesso a ser seguido e representa de forma concreta a mudança positiva que os programas de assistência do governo podem fazer na vida das pessoas. “Conheci a Ruth em Palmas, em um evento do Governo do Tocantins e, ao saber que ela havia nascida no Maranhão, conhecer de pert o a história dela, tive a certeza de que ela precisaria voltar e levar essa força e talento para as nossas mulheres de lá também”, declarou o governador.

Ruth que já foi merendeira, quebradora de coco e também beneficiaria de vários programas de assistência do governo, hoje se destaca na área da gastronomia em âmbito Nacional.

Foto: Divulgação

Mais Renda

O Programa “Mais Renda” foi instituído pelo Governo do Estado com o objetivo de oportunizar a inclusão produtiva de famílias em situação de vulnerabilidade social, por meio da inserção e organização dos empreendimentos existentes na informalidade, buscando ampliar a renda desses trabalhadores. Em execução em 14 municípios maranhenses, o Programa ‘Mais Renda’ tem como meta beneficiar cerca de 2 mil trabalhadores do ramo alimentício e de beleza em todo o estado. O objetivo é de ampliar a renda e melhorar a qualidade de vida capacitando e incluindo trabalhadores informais de alimentos e de beleza.

Foto: Divulgação

Formando e cozinhando

A chef também participou de uma visita à turma de alunos do programa “Formando e Cozinhando”, do Instituto de Gastronomia do Maranhão (IEMA), onde o objetivo é qualificar as habilidades de profissionais de cozinha através de vários cursos de curta duração, totalizando uma carga horária de 126 horas. Na ocasião, a Chef de cozinha falou um pouco sobre sua trajetória e as dificuldades até realizar seu sonho de trabalhar com gastronomia.

Para a coordenadora do programa social “Formando e Cozinhando”, Ana Gabriela Borges, a presença de Ruth Almeida foi um pedido do governador Flavio Dino, por todo o contexto simbólico que ela representa. “A Lei de incentivo à gastronomia no Maranhão vem consolidando um momento de fortalecimento desse setor e a chef Ruth Almeida foi um pedido do governador enquanto uma simbologia de mulher, negra, maranhense, que mostrou superação através da cozinha, ela é uma referência”, finalizou a coordenadora.



Fonte