Circo Rudá na Praia do Itararé, com o espetáculo Marabá

0
325

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Sobre Marabá

No primeiro ato, em meados de 1500 e em tom épico, a caravela viaja em alto-mar com marujos em busca do desconhecido. Piratas-corsários atacam a embarcação e várias batalhas são travadas ao longo do percurso.

Após a guerra, eles celebram a vida, confraternizam a vitória, viajam dias e noites e chegam ao desconhecido, encontrando florestas tropicais, animais selvagens e índios. É o início da miscigenação e a descoberta do Brasil.

A partir daí, a superprodução mostra uma época mais boêmia, por volta de 1920, no Porto de Santos. Marabá é um estivador, um trabalhador que, acima de tudo, acredita em seus sonhos.

“Gostaria que o público visse algo novo no cenário do circo no Brasil. E que, pela emoção, descobrisse curiosidades da vida brasileira e do nosso passado”, conta Gustavo.

De acordo com ele, este é um espetáculo circense com dramaturgia, no qual as atrações contam uma história por meio do teatro, da música e dos movimentos acrobáticos.
“Marabá mostra a possibilidade de se fazer circo de qualidade no Brasil. Circo que olha para o nosso povo”, explica.

À frente de Marabá também estão Leandro Vieira, carnavalesco campeão da Estação Primeira de Mangueira, que assina a concepção artística e o figurino, e Neyde Veneziano, santista, referência no teatro de revista, diretora de teatro e fez o roteiro.



Fonte