Comerciantes protestam pela reabertura de comércio em Santos | Santos e Região

    0
    75

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Comerciantes de Santos, no litoral de São Paulo, protestaram em favor da reabertura de estabelecimentos durante a quarentena do coronavírus na cidade, nesta segunda-feira (20). Ao menos cem pessoas participaram da mobilização, que percorreu as ruas do Centro.

    O fechamento dos comércio da cidade foi decretado há cerca de um mês, no dia 21 de março. A medida foi anunciada pelo Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb) como uma das ações para controlar o avanço do contágio pela doença.

    A intuito do ato era pedir a flexibilização dos comércios, de maneira segura e seguindo as regras de prevenção. O protesto começou por volta das 9 horas, quando cada comerciante seguiu para a frente de seu estabelecimento e ficaram com as portas semi-abertas. Eles estavam de máscaras e muitos seguravam a bandeira do Brasil.

    Comerciantes percorreram as ruas do Centro de Santos (SP) com máscaras e bandeiras — Foto: Fernando Skillo/G1

    Comerciantes percorreram as ruas do Centro de Santos (SP) com máscaras e bandeiras — Foto: Fernando Skillo/G1

    Por volta das 11h, eles seguram pelas ruas do Centro e pararam em frente à praça Mauá. “A nossa reivindicação é porque queremos trabalhar, assim como outros comércios. tudo de maneira segura, com máscara, álcool em gel e segundo as medidas de segurança”, afirma Jean Carlos Lira dos Santos, o proprietário de uma loja de roupas. Segundo ele, 80% dos estabelecimentos do Centro são de microempreendedores ou autônomos e que o fechamento prejudica esse setor. “Queremos mostrar que estamos de braços atados”, assegura.

    Em nota, a Prefeitura de Santos informou que segue a quarentena estabelecida pelo Governo do Estado, amparada em conclusões científicas, mantendo a abertura dos estabelecimentos considerados essenciais para atendimento público até dia 10 de maio, de acordo com regras de distanciamento e higienização imprescindíveis.

    Ainda de acordo com a administração, uma série de medidas econômicas já foram adotadas para reduzir os impactos aos comerciantes e, a prefeitura, afirmou que mantém diálogo permanente com o setor para estudar novas medidas e preparar o retorno das atividades, em conformidade com o protocolo de saúde e avaliações do Comitê Técnico-Cientifico da Covid-19.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda