Como cuidar do cabelo curto

0
17

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Moderno, ousado e prático, o cabelo curto se tornou tendência entre as mulheres e veio para ficar. A ideia de que esse tipo de corte deixa a mulher menos feminina ou não é tão bonito quanto cabelos longos está perdendo lugar para as vantagens de ser ter cabelo curto. Para a correria do dia-a-dia ou para quem prefere perder menos tempo arrumando o cabelo, por exemplo, esse tipo de corte é a melhor opção. Por isso, vamos te ensinar agora como cuidar do seu cabelo curto.

Isso porque, mesmo que esse seja um tipo de cabelo mais prático, ele ainda precisa de cuidados assim como qualquer outro. A dedicação às madeixas é essencial para deixar os fios curtos ainda mais poderosos e saudáveis. Por isso, não se esqueça que eles também precisam de uma rotina de cuidados como hidratação, nutrição, manutenção do corte e outras especificidades que esse tipo de corte demanda.

Além disso, é importante dar muita atenção também ao couro cabeludo. Isso porque, com os fios mais curtos, seu cabelo pode se tornar mais oleoso, o que pode ser um problema para quem já sofre com a oleosidade. Mas não se preocupe, vamos te ensinar tudo o que você precisa saber para cuidar dos cabelos curtos e tê-los sempre bonitos sem abandonar a facilidade que eles proporcionam.

Qual corte de cabelo curto escolher

Fonte: Claudia

Antes de tudo, se você ainda está pensando em aderir o cabelo curto e não sabe que tipo de corte escolher, nós podemos te ajudar. Existe uma variedade gigantesca de cortes para todos os tipos de textura de cabelo para quem quer dar uma mudada no visual. Por isso, uma boa dica para saber qual corte ficará melhor em você é saber o formato do seu rosto. Isso porque para cada formato existe um modelo de corte adequado.

Para rostos mais largos, por exemplo, modelos de cortes com a frente mais longa e com franjas são os mais indicados. Se seu rosto é mais fino, aposte naqueles cortes com pontas assimétricas. Já para quem tem o rosto mais curto, cortes que dão mais volume ao topo da cabeça dão mais harmonia ao rosto, por isso, invista em cortes em camadas. No entanto, se seu rosto é arredondado, você pode preferir cortes que tenham as pontas mais retas. Além disso, para mulheres com o pescoço mais encurtado, cortes no estilo “joãozinho” podem ser uma ótima alternativa para equilibrar o visual.

Mas quando falamos de texturas, você também pode optar por diferentes modelos de corte dependendo do seu objetivo. Se seus fios são muito finos e você quer dar mais volume ao cabelo, por exemplo, opte por cortes repicados. Se você quer dar essa mesma impressão e tem os fios cacheados, escolha cortes mais retos. Mas se seu objetivo é controlar os cachos sem desvaloriza-los, invista em um corte com camadas, mas não exagere.

Cuidados com o cabelo curto

Agora que você já escolheu seu corte, saiba como cuidar do cabelo curto com as dicas a seguir.

Controlando a oleosidade

Fonte: Salão Virtual

Como citamos anteriormente, a oleosidade pode ser um problema para cabelos curtos. Isso porque, como os fios são menores, o óleo natural expelido pelas glândulas sebáceas chega por todo comprimento do cabelo com mais facilidade, assim a oleosidade é maior. Dessa forma, você precisará lavar o cabelo com mais frequência, todos os dias ou pelo menos um dia sim e um dia não.

Além disso, você deve observar também a quantidade de shampoo e condicionador utilizados na lavagem. Isso porque nem sempre a quantidade de shampoo utilizada antes continuará sendo a mesma, já que agora o tamanho de cabelo é menor. Por isso, a quantidade ideal do produto por aplicação é o equivalente a uma moeda de 50 centavos. Se seu cabelo for muito oleoso, você pode aplicar mais de uma vez.

Já se tratando do condicionador, sua utilização depende bastante. Isso porque esse produto é responsável por fechar as cutículas do cabelo que foram abertas pelo shampoo, mas ele também pode aumentar a oleosidade do couro cabeludo. Por isso, o ideal é aplicar apenas nas pontas do cabelo e enxaguar bem para não deixar resíduos do produto. Se seu cabelo é muito curto, você pode optar por abandonar o produto.

Um outro produto que pode auxiliar na hidratação do cabelo, principalmente para quem decidiu abrir mão do condicionador, é a água termal. Esse produto pode ser borrifado algumas vezes ao dia e é ótimo para manter as madeixas hidratadas. Ademais, fuja dos produtos que contenham silicone na fórmula, pois aumentam ainda mais a oleosidade.

Não deixe a hidratação de lado

Como cuidar do cabelo curto - qual corte escolher e dicas de cuidado
Fonte: All Things Hair

Mesmo com o possível aumento da oleosidade, é muito importante seguir uma rotina de hidratação nos cuidados com o cabelo curto. O ideal é fazer uma hidratação a cada 15 dias para manter os fios nutridos, sem ressecamento e sem frizz. No entanto, jamais aplique a máscara de hidratação no couro cabeludo, respeite uma distância de dois dedos da raiz para não deixar o couro cabeludo e o cabelo oleosos.

Invista nos finalizadores

Os finalizadores capilares são uma ótima maneira de deixar cabelo incrível em poucos minutos. Por isso, eles são uma opção de cuidado para você que adotou o cabelo curto e quer realçar seu corte.

Para pessoas com os cabelos lisos, as pomadas de finalização seca são uma ótima alternativa e ainda ajudam a não deixar o cabelo mais oleoso. Já para quem tem os fios cacheados ou crespos, loções ativadoras e mousses são as melhores opções para modelar o cabelo e também para quem quer dar mais volume às madeixas.

Manutenção do corte

Uma das principais dicas para você cuidar do cabelo curto é essa: faça a manutenção do corte frequentemente. Isso porque o cabelo curto rapidamente perde suas características conforme vai crescendo. Por isso, você terá que visitar o salão de beleza mais vezes para manter o formato do seu corte de cabelo bem estruturado.

Cuidados com procedimentos químicos

Fonte: Bugre

O cabelo curto costuma ser mais sensível que os cabelos mais longos quando o assunto é química. Por isso, o mais recomendado é não aplicar mais que um procedimento químico por vez ou a fibra capilar pode ficar sobrecarregada. Confira algumas dicas abaixo de cuidado com cabelo curto com química.

Tintura capilar no cabelo curto

Se você decidiu também mudar a coloração dos fios, saiba que o retoque da tintura deve ser feito mensalmente para acompanhar o crescimento dos fios. Além disso, esse tipo de corte costuma ser bem versátil na hora de esconder a raiz já crescida do cabelo. Mas não se esqueça da hidratação para devolver a nutrição que as madeixas podem perder com a química.

Escova progressiva e definitiva

Para quem não abre mão das escovas progressivas e definitivas, é preciso ter bastante cautela. O contato da química com o couro cabeludo pode causar descamação e queimaduras, além de deixar o cabelo mais propenso a sofrer quebras já que os fios ficam mais sensíveis. Por isso, o ideal é fazer o retoque com pelo menos quatro meses de diferença para manter a saúde dos fios.

Fonte: Fabiana Scaranzi C Aneethun

Imagens: O Petróleo Claudia Salão Virtual All Things Hair Bugre



Fonte