Confira algumas dicas para substituir o pão francês no café da manhã Diário da Região

0
195

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

O pão francês quentinho com manteiga ou requeijão é um dos alimentos mais tradicionais da culinária brasileira. Clássico e democrático, o alimento, no entanto, está no centro de uma polêmica. Ele é o primeiro item riscado do cardápio quando a pessoa começa a fazer uma dieta para perder peso. A boa notícia é que dá para substituir o pãozinho por outros alimentos saudáveis na primeira refeição do dia.

Dá para trocar o pão francês por torrada de arroz integral, pão low carb, cuscuz ou pão de aveia. A nutricionista Milena Kerbauy, no entanto, faz um alerta. “Devemos nos atentar muito em relação às trocas, pois a composição do pão francês é farinha de trigo branca e sal. Ele é um alimento que fornece energia devido à quantidade de farinha branca e por conter uma quantidade alta de sal, que pode aumentar os riscos de retenção líquida. Então, de uma maneira geral, podemos substituí-lo por alimentos menos inflamatórios e que poderão servir de alimentos energéticos [fonte de carboidrato]”.

Milena afirma que cuscuz, pão low carb, uma vez que não seja feito com queijos de alto valor de sódio, torradas de arroz integral, pão de aveia ou até mesmo panqueca de farinha de amêndoas com ovo são fontes de carboidrato, mas de baixo índice glicêmico, gordura, e possuem um valor nutricional mais rico, pois contam com uma maior quantidade de fibra, o que pode aumentar a saciedade e melhorar o trânsito intestinal.

Também é possível substituir o pão por alimentos ricos em proteína, como uma omelete ou um ovo cozido. As frutas também são opções pois contêm a quantidade ideal de carboidratos e vitaminas que as pessoas precisam ingerir pela manhã. “Uma combinação interessante seria uma proteína, por exemplo, como o ovo, com uma fruta, como fonte de carboidrato, vitaminas, minerais e fibras. O equilíbrio é sempre o ideal a se seguir”, afirma Milena.

Fransciele Loureiro Molina, nutricionista de emagrecimento consciente, afirma que o iogurte natural com cereais integrais, como granola ou musli, é mais uma opção para variar o cardápio do café da manhã. “O iogurte natural pode ser consumido no café da manhã como substituto dentro do grupo de líquidos, mas é preciso cuidado com as fibras, pois nem toda granola comprada no mercado é saudável. Você pode usar a granolinha low carb da Casa Amarela, ou então farelo de aveia, mas caso adicionar a fibra no iogurte, não adicione na fruta do café da manhã. Ou então, você pode colocar uma colher de chá de mel no iogurte, ou um colher de sobremesa de geleia 100% fruta.”

O inhame, que é um tubérculo rico em diversas vitaminas e mineiras, também é uma opção. Fonte de carboidratos, o inhame possui baixo teor lipídico e é rico em vitamina A, potássio, fósforo, magnésio, ácido fólico e vitamina C. Fransciele afirma que o inhame entra no grupo dos carboidratos e serve também como substituição ao arroz e à batata.

Os pães integrais são recomendados como substitutos, pois são digeridos mais lentamente e, por isso, dão uma sensação maior de saciedade, além de conterem fibras que ajudam a regular o intestino. Preparadas com farinha integral e alimentos saudáveis, as panquecas também podem ser opções nutritivas para o café da manhã. Os recheios podem ser intercalados com frutas, como banana com aveia. “Vale lembrar que a reeducação alimentar é fundamental para aprender a ter uma alimentação saudável, com uma dieta personalizada e feita especialmente para suprir as suas necessidade, portanto é sempre muito importante procurar por um especialista para te orientar”, afirma a nutricionista Silvia Santana.

 

Ingredientes

  • 1 ovo batido com o garfo
  • 1 colher (sopa) de farinha de aveia (a receita original leva farelo de trigo. Eu não tinha em casa e a substituição funcionou bem!)
  • 1 colher (sopa) de iogurte desnatado
  • Sal e temperos a gosto (usei orégano e pimenta do reino moída na hora)
  • 1 colher (café) de fermento em pó

Modo de Preparo

  • Bata bem com o garfo ou fouet todos os ingredientes.
  • Leve ao micro por 2 ou 3 minutos (num bowl ou vasilha que dê um formato legal ao pão) dependendo da potência.
  • Corte ao meio, recheie com seu ingrediente preferido e leve à sanduicheira para tostar.

Fonte: Silvia Santana, nutricionista

 

Ingredientes 

  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de farelo de aveia
  • 1 banana
  • de colher (chá) de canela em pó

Modo de Preparo

  • Amasse a banana. Adicione o ovo e misture bem. Adicione a aveia e a canela. Leve ao fogo médio uma frigideira antiaderente para aquecer. Coloque a massa na frigideira e deixe dourar dos dois lados. Coma a panquequinha com uma geleia ou pasta de amendoim.

Fonte: Silvia Santana, nutricionista

 

Os pães feitos à base de farinha branca são fontes de carboidratos refinados, o que aumenta a glicemia mais rapidamente, ocasiona pico de insulina e gera resistência do pâncreas à produção de insulina, uma vez que ele gera essa resistência insulínica, temos a chamada diabetes. Por isso, é preciso tomar cuidado com esses refinados, principalmente quando o paciente tem predisposição a diabetes ou obesidade, porque dificulta, sim, a perda de peso

A glicose e a insulina criam um ciclo vicioso em nosso organismo, quanto mais você consome esses alimentos que enquadram-se neste contexto, ricos em açúcares e carboidratos, a insulina fará de você um refém de suas vontades, pois o organismo provocará ansiedade e fará sempre você voltar a completar o ciclo, mantendo-o constante. Contudo, para que se quebre este ciclo, é aconselhada a reeducação alimentar aliada à prática de exercício físico. Vários estudos mostram que a partir do 15º dia conseguimos regular esse ciclo vicioso

Fonte: Ivan Togni Filho, médico especialista em nutrologia e longevidade

 

Tapioca e crepioca, com recheios mais levinhos como o queijo minas com tomate seco, tambm so bem-vindos para o seu caf da manh. No entanto, Fransciele Loureiro Molina, nutricionista de emagrecimento consciente, afirma que, dentro do processo de emagrecimento, no se usa a tapioca no caf da manh porque ela tem um ndice glicmico muito elevado, isso significa que ela vai virar acar rpido na corrente sangunea, e ela no vai causar saciedade por muito tempo. Ento, a tapioca ou a crepioca no so opes para o caf da manh nesse momento. O queijo minas e o tomate seco so bem-vindos. J o peito de peru, que muito consumido no caf da manh, no indicado, assim como todos os outros embutidos.

O po branco inimigo da alimentao e dieta? A nutricionista Silvia Santana, de So Paulo, afirma que o alimento, por si s, no engorda. “Como tudo nessa vida, a chave do sucesso a moderao na hora de comer o pozinho. importante ressaltar que o que acaba deixando o po mais calrico tambm so os recheios que adicionamos a ele, como manteiga, requeijo, queijos, geleias e doces.”

O importante, segundo Silvia, no exceder os valores recomendados. “Vale lembrar que os extremos no so benficos e que uma dieta nutritiva precisa ser balanceada e exclusiva para o seu metabolismo. Alm disso, a perda de peso resultado de diversas mudanas de comportamento alimentar, como a criao de hbitos saudveis aliados prtica de exerccios, e no resultado da excluso de alimentos especficos.”

Silvia afirma que a fama do po em ser um vilo para quem quer perder peso talvez encontre explicao no em seu valor calrico, mas na forma como o organismo o recebe. “Os pes feitos base de farinha branca so fontes de carboidratos refinados, o que ocasiona pico de glicose no sangue, levando descarga de insulina. Isso faz com que sua glicemia caia rapidamente e voc sinta fome na mesma rapidez. Assim, em pouco tempo, a pessoa sente fome e volta a se alimentar, fazendo mais refeies por dia.”



Fonte