Conheça brasileiros que lutam pela preservação dos manguezais | Globo Repórter

    0
    31

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Pessoas de todo o Brasil lutam pelos manguezais e contam com o apoio de quem depende deles para viver. Com um litoral tão grande como o brasileiro, os manguezais fazem parte de paisagens famosas e estão no coração de todos que respeitam a natureza.

    Biólogo Mario Moscatelli luta há 30 anos pelos manguezais

    O biólogo Mario Moscatelli, por exemplo, luta há 30 anos por esse ecossistema que foi tema do Globo Repórter de sexta-feira (20).

    “Hoje eu tenho uma visão bem realista. Apesar do sucesso da recuperação de milhões de metros quadrados de manguezais, a gente vê que o processo de degradação avança. Crescimento urbano desordenado, falta de saneamento…”, lamenta Moscatelli.

    O fotógrafo Gustavo Pedro há mais de 15 anos registra a beleza dos manguezais

    O fotógrafo Gustavo Pedro há mais de 15 anos registra a beleza dos manguezais

    A beleza dos manguezais também encantou Gustavo Pedro. O fotógrafo registra o ecossistema há 15 anos. É dele o primeiro registro do peixe das nuvens, uma espécie ameaça de extinção, na Reserva Biológica de Guratiba, no Rio de Janeiro.

    “Não é só revelar a beleza da biodiversidade, é você conseguir coletar um dado que vai servir para uma pesquisa futura”, afirma o fotógrafo.

    Marília Cunha Lignon monitora os manguezais do litoral sul de São Paulo há 20 anos

    Marília Cunha Lignon monitora os manguezais do litoral sul de São Paulo há 20 anos

    Já Marília Cunha Lignon monitora os manguezais do litoral sul de São Paulo há 20 anos: “São 15 mil hectares de manguezais extremamente conservados”, diz.

    A professora explica a diferença entre preservado e conservado: “O preservado, a gente não toca. Mas o conservado é o mais interessante. Porque é possível pegar caranguejo, pescar peixes, usar uma determinada área para visitação turística. No conservado existe o uso direto dos recursos naturais, mas de forma sustentável”.

    O biólogo Clemente Coelho Junior destaca a importância dos manguezais urbanos no Recife

    O biólogo Clemente Coelho Junior destaca a importância dos manguezais urbanos no Recife

    O biólogo Clemente Coelho Junior destaca a importância dos manguezais urbanos no Recife — que já foram cantados em prosa, versos e muita crítica social.

    “Já foi representado na literatura por Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto. Mas também por jovens com o que foi passado pela cultura mangue de Chico Science e Nação Zumbi”, diz Clemente.

    A oceanógrafa Yara Schaeffer-Novelli trabalha há 40 anos em defesa dos manguezais e também está envolvida com problemas na biodiversidade da Floresta Amazônica.

    “A grandeza do impacto de alguma alteração na Floresta Amazônica é de cunho planetário. Com o manguezal perde o Brasil, com a Amazônia perde o planeta”, afirma Yara.

    A oceanógrafa Yara Schaeffer-Novelli trabalha há 40 anos em defesa dos manguezais

    A oceanógrafa Yara Schaeffer-Novelli trabalha há 40 anos em defesa dos manguezais



    Fonte