Criminosos invadem restaurante pelo telhado e levam cerca de R$ 10 mil em produtos em Santos | Santos e Região

    0
    63

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Criminosos invadiram um restaurante pelo telhado em Santos, no litoral de São Paulo, e levaram cerca de R$ 10 mil em produtos. De acordo com a proprietária, televisão, celulares e notebooks foram furtados e, durante a ação, os criminosos chegaram a consumir diversos sorvetes do estabelecimento.

    Em entrevista ao G1 neste sábado (9), a proprietária do Cebola’s bar e restaurante, Elaine Mara, diz que chegou para trabalhar na quinta-feira (7) de manhã e se deparou com parte do local destruído. “Eu moro na mesma rua, mas não tínhamos percebido a invasão até entrar. Isso porque eles entraram e saíram pelo telhado.”

    Os criminosos destruíram parte do telhado do restaurante, que fica na Avenida Nossa Senhora de Fátima, e levaram diversos equipamentos eletrônicos e alimentos. “Parecia que eles estavam se preparando para levar muito mais. Arrancaram os ventiladores das paredes e deixaram uma televisão maior perto da saída. Algo aconteceu e precisaram ir embora ou viram que eram pesados demais.”

    Itens e produtos foram levados através de buraco feito no telhado de restaurante. — Foto: Arquivo pessoal/Elaine Mara

    Itens e produtos foram levados através de buraco feito no telhado de restaurante. — Foto: Arquivo pessoal/Elaine Mara

    Elaine avalia o prejuízo em cerca de R$ 10 mil. “Com tudo o que foi levado, os produtos que teremos que jogar fora e os ventiladores que eles destruíram. Além disso, destruíram o telhado, em um momento que não tem loja de material de construção aberta. Tivemos que improvisar”, diz.

    Os criminosos chegaram a deixar a fritadeira do restaurante ligada e Elaine avalia que poderia ter sido pior. “Poderiam ter causado um incêndio e eu teria perdido muito mais. Teria acabado com todo o resto.”

    Para a proprietária, os itens mais valiosos levados no crime foram os celulares do estabelecimento. “Todos os contatos dos clientes estavam no celular. Nosso atendimento é por mensagens. O movimento já estava caindo por conta da quarentena. Agora, sequer temos a quem oferecer. O restante compramos de novo, mas o que me sustenta são os clientes”, lamenta.

    A proprietária diz que registrou um boletim de ocorrência online. Por enquanto, os criminosos ainda não foram identificados.

    Proprietária avalia prejuízo de R$ 10 mil com equipamentos levados durante ação criminosa. — Foto: Arquivo pessoal/Elaine MaraProprietária avalia prejuízo de R$ 10 mil com equipamentos levados durante ação criminosa. — Foto: Arquivo pessoal/Elaine Mara

    Proprietária avalia prejuízo de R$ 10 mil com equipamentos levados durante ação criminosa. — Foto: Arquivo pessoal/Elaine Mara



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda