Desabafo de pai de menino morto no litoral de SP comove a web: ‘Vou atrás de você’ | Santos e Região

    0
    9

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O pai do pequeno Benjamin Nunes de Jesus, de quatro anos, encontrado morto no mar em Guarujá, no litoral paulista, fez um desabafo nas redes sociais afirmando que deseja reencontrar o filho para ouvir o pequeno chamá-lo de pai novamente. O depoimento de Diego Duarte Jesus, de 29 anos, foi publicado no perfil de uma parente e emocionou os internautas.

    “Vou ficar mais um pouco na terra, tem pessoas que ainda precisam de mim, [vou] tentar viver mais um pouco depois vou atrás de você porque preciso ouvir de novo você me chamando de pai”, diz o pai no texto que lembra do filho.

    Ao G1, Diego explica que decidiu fazer o relato como uma homenagem ao filho. Ele conta que pouco antes de sumir, ele estava com Benjamin e se despediu. “Eu passei e ele me chamou. Eu falei ‘dá um beijo no pai minha vida’, fui embora e não vi mais ele”, desabafa emocionado.

    Diego conta que o filho sumiu um dia antes do aniversário dele, e que passar por isso fez com que ele voltasse a acreditar em Deus. Ele diz que ver toda a união que o filho causou ajudou que ele voltasse a ter esperanças e se sentir amado.

    Na postagem, o pai fala que Benjamin o aproximou de Deus. No texto ele relembra a relação de carinho com o filho. “Aprendi que o mundo seria melhor se fossemos como o Ben foi”, diz em um trecho. Na publicação ele colocou uma foto antiga, em que ele e o filho brincam juntos na praia do Góes.

    Postagem de pai nas redes sociais repercutiu muito nas redes sociais — Foto: Reprodução/Facebook

    A postagem teve grande repercussão. Nos comentários, internautas interagiram e deixaram mensagens para familiares. “lindas palavras… sentirei essa perda por muito tempo”, diz uma jovem. “Sem palavras nessa hora, que Deus conforte os corações de toda a família!”, desejou outra pessoa na postagem.

    O menino sumiu enquanto aproveitava o dia de sol na Praia de Santa Cruz dos Navegantes, mesmo lugar em que o corpo foi encontrado. Foram mais de 48h de buscas pelo mar, e ao menos 24h por terra. Mais de 60 bombeiros, marítimos e de resgate, participaram da ação, além da comunidade, que se empenhou para tentar localizar o menino ainda com vida.

    Na tarde da última sexta, familiares, amigos e outras centenas de pessoas se reuniram na praia para prestar uma homenagem, com cartazes, flores e balões brancos. A multidão acolheu a mãe do menino, Ana Cristina de Souza Nunes, que recebeu abraços e palavras de conforto.

    Benjamin se perdeu em uma praia de Guarujá, SP — Foto: Arquivo pessoal

    A criança sumiu após a mãe a perder de vista por alguns segundos, na tarde da última terça-feira. Nos últimos três dias, equipes dos bombeiros fizeram buscas para localizar o menino em uma área de mata próxima à praia e, também, no mar.

    Na tarde de quarta-feira (4), o Corpo de Bombeiros resolveu encerrar as buscas terrestres, já que não havia encontrado nenhum vestígio de Benjamin. A mãe do menino chegou a levantar a hipótese de ele ter sido levado por alguém na praia.

    Por volta das 5h40 de sexta-feira, um grupo saía para pescar com uma embarcação, pelo lado direito da Praia de Santa Cruz dos Navegantes, quando visualizou um corpo boiando a cerca de 50 metros da praia. Os pescadores conseguiram colocar o menino em cima de uma boia para aguardar a chegada do Corpo de Bombeiros.

    Uma equipe do 6º Grupamento de Bombeiros foi acionada e, ao chegar à praia, retirou o corpo do menino da água, com o auxílio dos pescadores. De acordo com a corporação, o reconhecimento foi feito pela família no local.

    Na foto, mãe de Benjamin (de costas) sendo consolada durante homenagem ao filho em Guarujá, SP — Foto: Vanessa Ortiz/G1 Santos



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda