Dr. Hamilton apresenta técnica definitiva para melhorar o aspecto dos glúteos

0
9

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Talvez você não conheça a expressão Depressão Trocantérica, mas certamente sabe do que se trata.

Depressão Trocantérica é a curvatura que pode surgir na lateral dos glúteos, em formato de letra U, e que causa descontentamento em muitas mulheres, que preferem o aspecto arredondado nessa região. 

Continua depois da publicidade

Não foi possível carregar anúncio

Ao contrário do que podemos pensar, essa condição não é resultado de falta de exercícios físicos ou má alimentação, conforme nos explica Dr. Hamilton Couto, cirurgião especialista em Quadril, membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, pós-graduado em Endocrinologia e Metabologia, além de diversas especializações na área de Estética Corporal. “É comum a mulher chegar em nosso consultório apresentando a Depressão Trocantérica, ou seja, esse aspecto ‘chupado’ nas laterais do bumbum, sem compreender o motivo de seu aparecimento, apesar de manter uma alimentação balanceada e praticar atividades físicas com intensidade. Mas, na verdade, essa condição pode ocorrer exatamente por isso. Os exercícios e a alimentação de uma atleta, por exemplo, irão consumir todo o estoque de gordura localizada no organismo, inclusive aquela localizada nas laterais do bumbum, responsável pelo contorno arredondado dessa região”. 

Segundo o especialista, os exercícios físicos realizados com intensidade na academia irão proporcionar o crescimento dos glúteos para trás, tornando o bumbum mais avantajado e firme, mas a região lateral apresenta muita dificuldade em se desenvolver. O resultado será o surgimento dos sulcos, conhecidos como Depressão Trocantérica. 

GLÚTEOS EM FORMATO CORAÇÃO OU BORBOLETA? 

Cada mulher apresenta critérios individuais em relação a beleza e satisfação com seu corpo. Isso ocorre também – ou especialmente – com a região dos glúteos.

O bumbum em formato arredondado, ou “coração”, é preferência de muitas mulheres. Essas são as que mais se incomodam quando há o surgimento da Depressão Trocantérica. No entanto, para as mulheres que valorizam o bumbum com musculatura definida, esses sulcos laterais não causam qualquer incômodo. É conhecido como formato “borboleta”.     

“Independente do estilo de cada mulher, o mais importante é que haja meios disponíveis para se atingir um modelo que a satisfaça plenamente, elevando inclusive sua autoestima. E isso é possível em casos de Depressão Trocantérica por diferentes métodos, dentre os quais eu recomendo e me especializei no preenchimento com PMMA”, explica Dr. Hamilton.

PMMA – BIOPLASTIA DE GLÚTEOS POR PREENCHIMENTO COM POLIMETILACRILATO 

Especializado em preenchimento dos sulcos laterais com PMMA, um gel composto por micropartículas de polimetilacrilato, Dr. Hamilton recomenda esse procedimento pelo aspecto natural que ele proporciona à região. 

“Próteses de silicone não apresentam bons resultados nesse caso, pois elas são ideais para dar projeção a uma região – como o próprio bumbum – mas não para os lados. A lipoenxertia, que consiste na utilização de gordura do próprio corpo para dar volume a uma região, também não apresenta resultados duradouros, pois a gordura será absorvida novamente, pela prática dos exercícios e alimentação equilibrada”, alerta Dr. Hamilton. 

Segundo ele, a técnica de PMMA é a melhor indicação, visto que seus resultados serão permanentes. “A correção dos sulcos laterais é definitiva com o preenchimento com polimetilacrilato, o PMMA. Procedimento simples, realizado com anestesia local em nossas clínicas, localizadas em Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo, com produtos aprovados pela ANVISA, o preenchimento com PMMA é a opção com menor risco de complicações e melhores resultados em comparação a outros métodos utilizados para dar volume ao bumbum”, afirma.



Fonte