Estradas federais de SP registram redução de 71% nas mortes durante o Feriado de Finados; número de feridos sobe 15% | São Paulo

    0
    28

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal nesta quarta-feira (3) mostra que houve uma redução de 71% nas mortes registradas nas estradas de São Paulo durante o feriado prolongado do Dia de Finados.

    A Operação Finados foi realizada entre a sexta-feira (29) e a terça-feira (2) em todas as rodovias federais. Neste ano, foram registradas 2 mortes contra 7 no mesmo período do ano passado.

    O número de acidentes registrados foi de 65, igual de 2020. Já o número de feridos aumentou 15%, passando de 60 em 2020 para 69 vítimas em 2021.

    Também aumentou o número de motoristas detidos por cometerem infrações no trânsito em 110%. Em 2021, foram 11 presos contra 5 em 2020. O número de motoristas autuados por embriaguez ao volante passou de 15 para 24, uma alta de 60%.

    O número de veículos fiscalizados neste feriado foi de 2.164 e 3.011 foram vistoriadas.

    O aumento de drogas apreendidas foi de 2.400%, passando de 4 kg em 2020 para 200 kg em 2021.

    A Polícia Rodoviária Estadual deteve mais de 70 pessoas nos 22 mil km de estradas estaduais de São Paulo e apreendeu cerca de 90 kg de drogas no feriado prolongado de Finados.

    Foram registradas 58.966 autuações por infrações de trânsito, sendo 25.863 por excesso de velocidade e 8.817 por não uso do cinto de segurança e outros dispositivos de retenção.

    Ainda foram contabilizadas 1.388 por ultrapassagens em locais proibidos e 1.739 infrações por dirigir sob a influência de álcool (ou se recusaram a realizar o teste do etilômetro). Ao todo, 42.085 motoristas foram submetidos aos testes e 27 deles foram conduzidos à polícia judiciária pelo crime de embriaguez ao volante.

    A operação prendeu 57 pessoas em flagrante por diversos delitos e 15 procurados pela Justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema penitenciário.

    VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e a região metropolitana



    Fonte