Força-tarefa dispersa aglomerações e interdita estabelecimentos em Guarujá, SP | Santos e Região

    0
    13

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A Diretoria de Força-Tarefa de Guarujá, no litoral de São Paulo, realizou diversas diligências na cidade no último fim de semana para conter aglomerações e evitar a propagação da Covid-19. No período, três estabelecimentos foram interditados e um autuado. Além disso, foram apreendidas seis caixas de som, segundo dados divulgados pela prefeitura nesta terça-feira (27).

    As ações começaram na última sexta-feira (23), data em que as equipes, de acordo com o município, dispersaram uma aglomeração na Praça Mário Covas, no bairro Morrinhos. Aproximadamente 60 pessoas estavam no local, e com a chegada dos agentes, saíram do espaço. Três caixas de som foram apreendidas, e estabelecimentos foram cientificados a cumprir o decreto municipal.

    No sábado (24), as praias mais afastadas da cidade também foram fiscalizadas. Segundo a prefeitura, a força-tarefa realizou orientações a banhistas e, também, a donos de embarcações que tentavam atracar nas praias do Sangava, Saco do Major e Goés. Em Guarujá, as praias e espaços públicos estão liberados apenas para atividades físicas individuais durante a semana, entre 5h e 10h ou entre 16h e 20h.

    Aparelhos de som foram apreendidos durante ações realizadas para evitar a proliferação da Covid-19 — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

    No período da noite, um ‘pistão’ foi paralisado na comunidade Prainha. Além disso, diversos estabelecimentos foram fiscalizados, sendo três deles interditados e um autuado, todos por falta de alvará de funcionamento. Foram apreendidas, ainda, três caixas acústicas por causa de som abusivo.

    No domingo (25), as equipes estiveram na Praia do Éden para orientar os banhistas quanto ao decreto municipal, e no fim do dia, também dispersaram uma nova aglomeração na Praça Mário Covas, no Morrinhos.

    Força-tarefa dispersou aglomerações e interditou comércios em Guarujá, SP — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá

    VÍDEOS: As notícias mais vistas do G1



    Fonte