Frontoplastia auxilia no rejuvenescimento e aumento da autoestima – Notícias Chapecó.Org

0
77

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

As linhas de expressões, comuns com o passar dos anos, podem ser minimizadas com o auxílio da cirurgia plástica.

Muitas vezes, ao observar o reflexo no espelho, aparentamos estar cansados, sonolentos ou irritados, mesmo sem apresentarmos quaisquer dessas sensações. Isso porque as linhas de expressão presentes nas regiões da testa e sobrancelha, quando estão mais caídas, reforçam um aspecto mais triste e sério.

Indicada para quem está descontente com a aparência dessa região facial, geralmente ligada ao envelhecimento natural da pele, a cirurgia de frontoplastia permite o “rejuvenescimento” da face, trazendo maior conforto e autoestima para o paciente. “Um lifting da fronte (testa) pode auxiliar a levantar a linha da sobrancelha para uma posição mais elevada e reduzir a aparência das rugas no terço superior da face”, explica o cirurgião plástico Rafael Tirapelle.

Conforme o médico, este procedimento é realizado com o auxílio da videoendoscopia, na qual pequenas incisões são feitas dentro do couro cabeludo, onde ficam camufladas no pós-operatório, proporcionando uma cirurgia menos agressiva, proporcionando bons resultados e uma recuperação mais rápida. “A associação deste procedimento com a blefaroplastia (cirurgia das pálpebras) trouxe grande melhora da estética da região periorbital nas pacientes que apresentam ptose (queda) dos supercílios”, afirma Dr. Tirapelle.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a blefaroplastia é um dos procedimentos mais procurados por pessoas após os 60 anos para o processo de rejuvenescimento facial. “Por meio da técnica, é possível eliminar o excesso de gordura e amenizar o cai- mento das pálpebras, que causam o aspecto envelhecido e cansado. A blefaroplastia pode ser feita isoladamente ou em conjunto com outros procedimentos para rejuvenescimento facial, como o lifting na face”, sugere o cirurgião plástico.

No pós-operatório é preciso seguir todas as recomendações médicas, incluindo ficar de repouso, no mínimo, 48 horas após a cirurgia. “Pode haver inchaço e hematomas na região onde foi realizado o procedimento, assim usa-se compressas frias para aliviar os edemas. Os pontos da cirurgia são removidos após a cicatrização inicial das incisões, levando, em média, de cinco a dez dias. No período de recuperação, atividades físicas não devem ser praticadas e é necessário cuidar com a exposição à luz solar, a fim de evitar manchas. Além disso, deve-se manter uma boa alimentação e se hidratar regularmente”, salienta o médico.

Crédito foto Dr. Rafael Tirapelle: FVcomunica!



Fonte



Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


Lima & Santana Propaganda