Funileiro luta com assaltantes e consegue fugir com a mulher em Mongaguá, SP; veja | Santos e Região

    0
    18

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Um funileiro entrou em luta corporal com quatro homens durante uma tentativa de assalto à mão armada em Mongaguá, no litoral de São Paulo, neste domingo (11). Os criminosos queriam ir para a residência do casal para continuar roubar itens de valor. O casal conseguiu fugir dos bandidos e dois homens foram presos.

    Segundo apurado pelo G1, o roubo aconteceu por volta de 0h45, em frente a uma oficina mecânica no bairro Jardim Sorocabana. O funileiro trabalha no local e levou a moto dele para fazer alguns reparos, na companhia da esposa. Os dois perceberam a aproximação de um carro prata, que estacionou em frente ao estabelecimento.

    Dois homens saíram do veículo e anunciaram o assalto. Eles estavam armados e revistaram as vítimas. Como não encontraram nenhum objeto de valor, eles decidiram que queriam ser levados à residência do casal para continuar o crime.

    O funileiro reagiu e deu um soco no assaltante. Outros dois criminosos saíram do veículo e os quatro passaram a agredir o funileiro com socos e pontapés. Imagens das câmeras de monitoramento do local gravaram a ação (veja vídeo no início da reportagem).

    Funileiro e esposa sofreram assalto em frente à oficina mecânica em Mongaguá, SP — Foto: Reprodução/A Voz de Mongaguá

    A mulher, esposa do funileiro, correu para pedir ajuda, fazendo com que os criminosos se assustassem e pararem de bater no rapaz. Eles voltaram para o carro e fugiram. As vítimas disseram à polícia que os assaltantes demoraram para conseguir ligar o carro e, neste momento, eles anotaram a placa do veículo.

    No dia seguinte, a Polícia Militar encontrou o mesmo carro estacionado no bairro Jardim Praia Grande. Um suspeito de participar do crime estava dormindo dentro do veículo. Ele negou aos policiais que tenha participado do assalto, mas dentro do carro foi encontrada uma máscara. O item era da mulher e tinha sido levado pelos criminosos.

    Ainda segundo a PM, o homem informou que estava dormindo no veículo pois não havia espaço dentro da casa, localizada em frente. Na residência, que também foi revistada, os policiais encontraram outros quatro suspeitos e um simulacro de arma de fogo.

    Na Delegacia de Mongaguá, dois dos suspeitos foram reconhecidos pelo casal como participantes do assalto. Eles foram detidos e ficaram à disposição da Justiça. Além disso, o simulacro e o veículo usado no crime foram apreendidos. A Polícia Civil também recebeu as imagens das câmeras para identificar os outros envolvidos.

    VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1



    Fonte