Homem finge trabalhar em banco no litoral de SP e saca R$ 2,5 mil de idosa | Santos e Região

    0
    28

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Uma aposentada de 61 anos foi vítima de estelionato em uma agência bancária localizada em Santos, no litoral de São Paulo. Segundo a Polícia Civil informou ao G1 nesta quarta-feira (18), a vítima relatou que o suspeito estava bem vestido e usava um crachá quando se passou por funcionário do banco e aplicou golpe.

    A vítima informou às autoridades que o golpe ocorreu quando ela foi até uma agência bancária localizada em um shopping center para alterar a senha de sua conta corrente. O crime ocorreu na Avenida Pedro Lessa, no bairro Aparecida.

    De acordo com a aposentada, após chegar ao banco, um homem vestindo roupa social e com um crachá da instituição bancária se prontificou a ajudá-la. Acreditando no suspeito, ela realizou a biometria e seguiu as orientações do suposto funcionário.

    Porém, contou à polícia que, em determinado momento, ele clicou na tela e alegou que o sistema havia caído, solicitando que a vítima retornasse após uma hora. Ela foi para outro terminal eletrônico e percebeu que o sistema estava operando normalmente, suspeitando que poderia ter algo estranho.

    A gerente da agência foi acionada e verificou que o suspeito realizou um saque de R$ 2.500 da conta da vítima. A idosa procurou a Polícia Civil e o caso foi registrado como estelionato pelo 3º DP de Santos, que apura os fatos.

    Em nota, o Bradesco afirma que adota uma rigorosa política de segurança para proteção das informações de seus clientes. O banco alega que mantém frequentemente avisos alertando os clientes sobre os procedimentos de segurança nos terminais de autoatendimento, inclusive para que não aceitem ajuda de estranhos.

    Ainda de acordo com o Bradesco, esses alertas são feitos nos próprios canais de atendimento, nas redes sociais e ainda em um site exclusivo para conteúdo de segurança.

    VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1



    Fonte