Jovem com tumor implora por vaga em hospital para tratamento; vídeo | Mais Saúde

    0
    11

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    A dona de casa Karen Samella Sabino da Silva, de 29 anos, fez um vídeo implorando por uma vaga em um hospital especializado em oncologia após ser diagnosticada com um tumor. Há mais de um mês que a família luta para que a jovem seja transferida e tenha um laudo conclusivo e tratamento adequado para a doença.

    Karen é de Itanhaém, litoral paulista, e sua advogada Ana Paula Sabino Miranda, de 31 anos, relata que só depois de muitas idas e vindas ao hospital, devido a fortes dores, que a irmã foi internada e transferida ao Hospital dos Estivadores, em Santos.

    Chegando na unidade, a irmã da dona de casa afirma que foi constatado que Karen estava com problema nos rins, então passou a fazer hemodiálise. “Com exames também foi diagnosticado que ela está com um tumor que atinge a coluna e a região pélvica”, afirma Ana Paula.

    Porém, para um diagnóstico mais completo do caso de Karen, é necessário o resultado de uma biópsia da região atingida pela doença, que a família aguarda desde 8 de outubro.

    “Mas o hospital não tem recurso para tratamento do tumor. Ela precisa de tratamento especializado. A questão é que o hospital só fez o tratamento renal, que era para o que tinham estrutura. E orientaram que ela teve alta do tratamento nos rins, mas precisava voltar para Itanhaém e em uma unidade de saúde de lá ser cadastrada na Cross. Mas ela não tem condições de sair do hospital, mal consegue levantar. Está em um estágio grave, não tem como trazê-la para casa”, diz.

    Na foto, Karen antes de descobrir doença junto com a filha — Foto: Arquivo pessoal

    A irmã afirma que a família passou a recorrer a todos os recursos, seja no município, quanto no hospital, pedindo pela transferência da jovem. “Eu fui na Central de Vagas do meu município e eles orientaram que eu não trouxesse minha irmã para casa, porque ela não tem condições. Eu estou pedindo que cadastrem ela na Cross pelo hospital mesmo, porque ela precisa de tratamento urgente. É um direito dela”, desabafa a irmã.

    Karen fez um vídeo pedindo pela vaga, que foi postado nas redes sociais e passou a ser compartilhado por diversas pessoas. No vídeo, ela pede por ajuda e afirma que não aguenta mais sofrer com as fortes dores.

    “A Karen é uma pessoa muito humilde, que, infelizmente, não dispunha de condições financeiras para arcar com tratamentos em clínicas particulares. Ela está cada vez mais ansiosa, com medo, com dor, quer desistir”, diz a irmã.

    “É um direito dela, mas mesmo assim foi necessário minha irmã implorar por ajuda”, diz Ana Paula — Foto: Reprodução/Facebook

    A família entrou na Justiça e foi concedido pedido de tutela de urgência nesta quarta-feira (11), determinando que o Estado de São Paulo e o município de Itanhaém providenciem, em 24h, a transferência e internação dela em leito do Hospital Guilherme Álvaro.

    Em nota, a Prefeitura de Itanhaém informa que acompanha de perto o caso. A transferência para um dos hospitais de referência pelo sistema Cross, que no caso foi para o Hospital dos Estivadores, foi solicitada pela equipe médica da Administração Municipal, onde ela permanece.

    De acordo com a prefeitura, para que a transferência para outro hospital de referência aconteça, já não depende mais da municipalidade, que não tem gestão sobre isso.

    Já a Secretaria de Saúde de São Paulo informou que o caso da Karen está em regulação com apoio da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), sistema online que funciona 24 horas por dia e que verifica vagas disponíveis em hospitais do SUS em SP.

    “Importante destacar que a Cross não é responsável por “liberar” a vaga, mas sim uma mediadora de pedidos dos serviços de origem. As transferências ocorrem desde que os pacientes tenham condições de transferência, como estabilidade clínica e ausência de infecções”, diz a pasta.

    VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda