Jovem é vítima de importunação sexual dentro de ônibus no litoral de SP; VÍDEO | Santos e Região

    0
    12

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Uma jovem de 21 anos foi vítima de importunação sexual dentro de um ônibus, enquanto seguia para o trabalho em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ela chegou a registrar em vídeo o momento em que o desconhecido passava a mão nela.

    De acordo com a queixa registrada na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) do município, a vendedora Ingrid Silva Calomino, de 21 anos, pegou um ônibus em direção ao seu trabalho no bairro Boqueirão, na manhã desta quarta-feira (4). Ela sentou-se em um banco na penúltima fileira de assentos. Um idoso já estava sentado atrás, e havia outras pessoas no coletivo.

    Em dado momento, durante o trajeto, a jovem sentiu uma mão em seus cabelos. “Não acreditei que isso estava acontecendo. Coloquei o cabelo para frente e fiquei esperta”, contou ao G1. Alguns minutos depois, ela sentiu o toque novamente, desta vez em suas costas.

    “Ele colocou a mão na lateral do meu corpo, mas veio para frente e começou a tocar meu seio. Fiquei muito nervosa, peguei o celular e comecei a gravar”, conta.

    Jovem de 21 anos prestou queixa por importunação sexual que sofreu dentro de ônibus em Praia Grande, SP — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

    Nas imagens (veja vídeo acima), o desconhecido encosta nas costas da jovem, afagando ela. Quando percebe que está sendo gravado pela vítima, recua e se afasta. Após o flagrante, a jovem conta que levantou do assento e começou a brigar com o desconhecido.

    “Me senti um nada. Como uma pessoa que eu nem conheço toca em mim dessa forma? Fiquei insegura e nervosa. Foi um terror”.

    “Tinha mais gente no ônibus, mas ninguém me apoiou”, relata. “Falei que ele era um assediador, que tinha gravado. Ele começou a dizer que só estava apoiando a mão dele. Mas, encostou no meu seio”. Ingrid desceu do ônibus em seguida, correndo para seu local de trabalho, onde chegou em prantos e recebeu ajuda.

    Ela prestou queixa na DDM de Praia Grande, onde o caso foi registrado como importunação sexual e deve ser investigado. As imagens serão entregues à Polícia Civil para auxiliar na identificação do suspeito do crime.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda