Kourtney Kardashian, Jennifer Aniston e Ariana Grande são clientes

0
14

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Rebecca Faria tem construído um império nos EUA. Com muito trabalho, a esteticista foi pioneira em Los Angeles em um procedimento criado por ela e intitulado como “detox massage”, que envolve técnicas da medicina oriental, drenagem linfática e uso de aparelhos estéticos como ultrassom e radiofrequência.

A carioca trabalha com esses procedimentos desde 2018 e agora é proprietária do Detox by Rebecca (@detoxbyrebecca) — que já tem mais de 1.500 clientes na fila de espera. Uma sessão custa U$ 400 (R$2.238) na clínica e U$ 400 por hora se o atendimento for em domicílio. Isso significa que, se o deslocamento de ida e volta durar 1h e o procedimento mais 1h, a detox massage sai por U$ 800.

Desde que começou seu trabalho até hoje, Rebecca conquistou anônimas, celebridades locais e estrelas internacionais como Ariana Grande, Jennifer Aniston, Hailey Bieber, Kris Jenner e Kourtney e Kim Kardashian, além de uma extensa lista com outros nomes de peso.

Entre os benefícios da detox massage estão melhor oxigenação dos tecidos, eliminação de toxinas prejudiciais, aumento da absorção de nutrientes no trato digestivo, melhora na circulação, além, é claro, da eliminação de excesso de líquidos, deixando a região abdominal livre de inchaço.

— A detox massage age como se “desentupisse uma pia”. Os fluidos passam a circular melhor pelo corpo. Aqui em LA ninguém sabia o que era isso quando eu comecei, e como aqui eles são muito ligados em saúde e beleza, tive sucesso — conta a esteticista.

Para otimizar os resultados, Rebecca oferece um chá brasileiro à base de chá verde, carqueja, mate verde, hortelã, guaraná, gengibre, sálvia e alecrim. Eles são anti-inflamatórios e antioxidantes que trazem benefícios como queima de gordura, e tem ação diurética e termogênica — e, segundo a empresária, as famosas adoram!

Além disso, Rebecca dá dicas para eliminar o inchaço de forma natural:

— Ficamos inchados por causa de uma certa inflamação. Então, precisamos viver uma vida livre disso. Dormir cedo, acordar cedo, fazer exercícios, beber água e chás, evitar açúcar e frituras. Sempre digo isso para minhas clientes.

Trajetória

Mas nem sempre foi assim. Rebecca começou a viajar para os EUA aos 15 anos para visitar uma tia que morava lá. Desde então, ela começou a ter como objetivo morar fora do Brasil. Hoje, aos 28, ela conta que fez Engenharia Mecânica de Produção na Uerj e só depois de formada foi para a Austrália estudar sobre sua verdadeira paixão: a estética.

— Depois que me formei, fui estudar Medicina Oriental na Austrália e aprendi muita coisa. Antes disso também fiz vários cursos de estética no Brasil. Quando decidi vir para os EUA, não tinha nada. Então vi que precisava me destacar para conseguir me manter e posteriormente ter sucesso. A detox massage foi ganhando fama entre anônimas, depois comecei a atender blogueiras, até chegar nas celebridades.

A primeira grande estrela que Rebecca atendeu foi Ariana Grande. Até hoje, ela costuma atender a artista quase toda semana. Segundo ela, Ariana está até em seu close friends do Instagram.

— Ela geralmente faz semanalmente ou quinzenalmente. É a pessoa mais doce do mundo! Parece uma boneca, superlinda e amável. Sempre pergunta sobre a minha empresa e meus projetos. Eu percebo que ela de fato se envolve e se preocupa com as pessoas ao redor dela. Temos uma relação excelente! — revela Rebecca.

Relação com famosas

Rebecca afirma que sua descrição fez com que as famosas se sentissem confortáveis com ela. Segundo a esteticista, antes de entrar na casa de alguma celebridade, é necessário assinar um contrato alegando não fornecer informações sobre o que acontece lá.

— As minhas clientes famosas me tratam muito bem. Eu vou tanto à casa de algumas delas para fazer atendimentos que é inevitável comentarmos algo sobre nossas vidas. Mesmo muito famosas, elas são pessoas normais, acessíveis e humildes. O que é difícil mesmo é chegar até ela, isso só se consegue se uma amiga delas me indicar, mas depois que chego lá, descubro que elas são pessoas normais — conta.

Rebecca e a atriz brasileira Thaila Ayala (Foto: arquivo pessoal)
Rebecca e a atriz brasileira Thaila Ayala (Foto: arquivo pessoal)
Rebecca e Chloë Grace Moretz (Foto: arquivo pessoal)
Rebecca e Chloë Grace Moretz (Foto: arquivo pessoal)
Rebecca e Kourtney Kardashian (Foto: arquivo pessoal)
Rebecca e Kourtney Kardashian (Foto: arquivo pessoal)

A brasileira não atende novas clientes há dois anos por conta da agenda lotada. Ela costuma ir com frequência à casa de Ariana Grande, Kourtney Kardashian — onde às vezes topa com Kim e Kris Jenner —, Jennifer Aniston, Chloë Grace Moretz, Sophia Stallone e Hailey Bieber. Na casa dessa última, aliás, Rebecca já encontrou Justin Bieber, esposo de Hailey.

— Ela é supersimples, engraçada e gente boa. Gente como a gente mesmo. A mãe e a avó dela são brasileiras, e eu converso com elas em português. A Hailey entende português também, mas nós duas só conversamos em inglês. Quando vou na casa dela, às vezes encontro com o Justin Bieber. Ele é bem legal, uma vez até me ajudou a carregar minha maca — relembra.

Rebecca tem ainda mais memórias sobre celebridades que atendeu:

— Jennifer Aniston é adorável! Uma das pessoas mais humildes que eu conheci. A Kris [Jenner] é muito gentil e educada. Geralmente vejo ela na casa da Kourtney ou da Kyle. Ela gosta de relaxar durante as massagens e manter as luzes escuras. A Kourtney [Kardashian] entende bastante da cultura brasileira, ela diz que adora a nossa energia. Ela ama o jeito carinhoso de nós brasileiros e também ama algumas comidas brasileiras. A Kim [Kardashian] é muito educada. Há algumas semanas a preparei para o casamento da Paris Hilton.

Empreendedorismo nos EUA

Rebecca ainda trabalha muito apesar do sucesso, mas já teve dias mais conturbados, especialmente antes de abrir seu espaço em Los Angeles. Hoje ela atende em domicílio ou no espaço, onde conta com outros profissionais. Ela dá algumas dicas para quem pretende morar e trabalhar nos EUA:

— O que eu diria para quem pretende vir trabalhar nos EUA é: seja humilde. No começo, você não vai ter muito dinheiro e estará no modo sobrevivência. Eu aceitava qualquer trabalho que aparecia quando comecei. Trabalhava 15h por dia todos os dias e teve um ano em que só tive folga três dias. Não é fácil, mas com paciência, persistência e trabalho, melhora.

Ela está montando sua própria linha de chás, com ervas brasileiras na composição, e seu trabalho tem sido reconhecido por muita gente. Seus parentes costumam ir visitá-la, mas ela ainda sente falta da comida brasileira.

— Aqui não vende pão de queijo no mercado, dá pra acreditar? Sempre que minha família traz, levo para as clientes e elas adoram. Levo itens do Brasil como biquínis de crochê e comidinhas e as famosas adoram!



Fonte