Mais de 270 presos não retornam após benefício da saída temporária na Baixada Santista | Santos e Região

    0
    15

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    Dos 3.635 presos que receberam o benefício da saída temporária de Natal e Ano Novo na Baixada Santista, região do litoral de São Paulo, 273 deles não retornaram para a unidade prisional, segundo apurado pelo g1 nesta quinta-feira (6). A quantidade de detentos beneficiados com a saída representa mais de 42% da população carcerária da região.

    O benefício está previsto na Lei de Execução Penal e com datas reguladas, no estado de São Paulo, conforme Portaria 02/2019, do Departamento Estadual de Execuções Criminais (Deecrim).

    De acordo com a Secretaria estadual da Administração Penitenciária (SAP), os presos foram liberados em 23 de dezembro e tinham que retornar à unidade prisional na quarta-feira (5).

    Na região, há unidades prisionais nas cidades de São Vicente, Mongaguá e Praia Grande. Somente em Mongaguá 2.126 presos sairam do CPP e 131 não retornaram. O CPP de São Vicente teve o maior percentual, cerca de 14,59% dos presos não voltaram para o presídio após a saída temporária.

    Confira os dados abaixo de cada unidade:

    Balanço da Saída Temporária de Presos

    Unidade Prisional Data da Saída Data do Retorno Quantidade de presos que saíram Presos que não retornaram Percentual que não retornou
    CPP de Mongaguá 23/12/2021 05/01/2022 2126 131 6,16%
    CDP de Praia Grande 23/12/2021 03/01/2022 0 0
    Penitenciária I de São Vicente 23/12/2021 05/01/2022 381 15 3,94%
    Penitenciária II de São Vicente 23/12/2021 05/01/2022 381 18 4,72%
    CPP de São Vicente 23/12/2021 05/01/2022 747 109 14,59%

    VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias



    Fonte