MP apura fraude em lista de pescadores afetados por incêndio em tanques em Santos, SP | Santos e Região

    0
    153

    Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

    .

    O Ministério Público de São Paulo encontrou uma fraude na lista de pescadores impactados pelo incêndio dos tanques químicos do bairro Alemoa, em Santos, no litoral de São Paulo. Seis nomes foram removidos e a promotoria solicitou investigação para a polícia sobre o caso.

    A informação é da promotora Flavia Maria Gonçalves, que recebeu um grupo de pescadores, nesta terça-feira (3), que alegam não terem sido listados na nova relação de beneficiários. Os profissionais protestaram em frente ao edifício onde localiza-se o Gaema, no bairro Boqueirão.

    “Uma denúncia chegou nosso conhecimento. Seis nomes da comunidade do Caruara foram identificados como pessoas do Rio de Janeiro e já foram excluídos. Foi requisitado inquérito policial”, declarou a promotora. Eles receberiam um salário mínimo por, pelo menos, um ano.

    Incêndio atingiu tanques químicos e água contaminada atingiu o estuário, em Santos, SP — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

    Incêndio atingiu tanques químicos e água contaminada atingiu o estuário, em Santos, SP — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

    O pagamento do benefício ocorre aos profissionais que se comprometem a não pescar em uma área delimitada para que ocorra a restabelecimento natural das espécies. A região foi a principal impactada pela água descartada durante o combate ao incêndio na Alemoa.

    “Tem gente que nem pescador é e está envolvido no meio disso tudo. A gente quer saber por que eles escolheram essas pessoas e por qual motivo nós não estamos nessa lista”, reclamou o pescador Cleber Gonçalves Reis, que diz não estar incluído nem na segunda lista.

    Segundo o Ministério Público, os pescadores artesanais habilitados em listagem divulgada pelo órgão devem comparecer ao escritório da promotoria para assinar o termo de compromisso. Aqueles não estão na relação devem procurar o MP para realização de cadastro.



    Fonte



    Outros sites desenvolvidos pela Lima & Santana Propaganda


    Lima & Santana Propaganda