Muito além da estética: cirurgia íntima melhora a saúde feminina

0
34

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

O Dr. Will Barros afirma que tratamentos funcionais que devolvem às mulheres a autoestima e o conforto para uma vida sexual plena e ativa

Ainda considerada um tabu para muitas mulheres, a cirurgia íntima no Brasil tem crescido cada vez mais, tornando o país campeão no número destes procedimentos realizados no mundo. Famosas como, Geisy Arruda, Tammy Miranda, Deolane Bezerra , Ângela Bismarchi e Andressa Urach estão entre as adeptas do procedimento.

Deve-se deixar bem claro que o procedimento não é apenas estético, como a grande maioria pensa, ele é indicado para solucionar problemas de saúde como: dores pélvicas, incontinência urinária, bexiga caída e períneo; para mulheres que tomam anabolizantes, já que há aumento clitoriano e, na pós menopausa ,já que há a perda da lubrificação da mucosa vaginal nesta fase de vida da mulher. Em resumo, melhora a vida sexual da mulher como um todo.

O inovador Dr. Will Barros que é pioneiro na técnica Lasee escultura de cirurgia vulvovaginal por laser de CO2, atuando há mais de 15 anos na área esclarece mitos e verdades sobre o procedimento. “Nosso país é recordista em cirurgias íntimas, mesmo que ainda o assunto não seja tão debatido e conhecido, então enfatizo: é preciso desmistificar e levar a informação ao maior número possível de mulheres, pois não se trata apenas de uma cirurgia de reparação estética, ela traz melhorias para a vida íntima e a saúde de quem faz.

Aqui na clínica Younger digo que realizo cirurgias funcionais de uma determinada região da vulva ou da vagina e isso leva a um resultado estético, porém visando a saúde desta mulher, elevando sua autoestima, bem-estar e retorno à vida sexual.

Dr. Will Barros

O Dr. Barros realiza em torno de 02 cirurgias por dia, número que tem crescido pois as mulheres têm procurado saber mais sobre o assunto. É um procedimento simples, com anestesia local, com no máximo 02 horas de duração. A recuperação depende do que foi realizado e em média é de 25 e 60 dias e não há idade para indicação, qualquer mulher pode fazer.

Em meninas adolescentes é necessário a autorização dos pais. Vale ressaltar que toda cirurgia plástica pode e deve ser feita a partir do momento em que a pessoa se sente incomodada com algo, porém a paciente não pode se deixar levar pela vaidade e descuidar da segurança.

É preciso pesquisar para se certificar do que é mais seguro e indicado, escolher um profissional qualificado e apto para a realização do procedimento. Vale ressaltar que o procedimento deve ser realizado somente em sala ambulatorial porte 01.

É importante esclarecer que na maioria dos casos de cirurgia íntima feminina o objetivo é deixar a região mais ‘bela’, mas isso também é muito subjetivo e pessoal, e por isso antes de tomar uma decisão e realizar uma cirurgia de rejuvenescimento vaginal, a mulher precisa pensar sobre o assunto, conversar com seu parceiro e seu médico de confiança” finalizou.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dr. Will Barros. Foto: Henrique Kotnick/Jornal de Brasília

Existem diversos tipos de cirurgias íntimas, veja alguns:

  • Remodelação do Capuz Clitoriano
  • Clareamento Íntimo
  • Clitoroplastia
  • Rejuvenescimento Íntimo
  • Incontinência Urinária
  • Ninfoplastia ou Labioplastia
  • Perineoplastia
  • Recuperação Vaginal Pós-câncer
  • Himenoplastia
  • Cistocele
  • Retocele
  • Ressecamento vaginal
  • Falta de lubrificação e libido
  • Tratamentos preventivos para incontinência urinária e fecal
  • Hemorroida

Mais informações sobre o assunto:
Laser Escultura – Brasil
Site: laseresculturabrasil.com.br
Instagram: @laseresculturabr
Clínica Younger – 309/310 Sul – (61) 3244-4545



Fonte