Mulher morre de ataque cardíaco após três cirurgias plásticas

0
26

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Roberta B. * (35), professora e mãe de dois filhos, teve um triste destino: queria a parede do estômago, os seios apertados e a lipoaspiração ao mesmo tempo – faleceu menos de dez dias depois.

Tudo começou pouco antes das férias, no dia 15 de dezembro, como «observador regional“mencionado. E a jovem mãe passou por três cirurgias plásticas ao mesmo tempo. Após as operações de seis horas, ela teria reclamado de dores no peito, segundo seu marido, Leandro S. A equipe médica ainda está mandando o jovem de 35 anos para casa e teria dito ao casal que a dor após a cirurgia era completamente normal.

Pouco tempo depois, ela teve que ser levada de volta ao hospital e transferida para a unidade de terapia intensiva. Lá os médicos tiveram que colocar a mulher em coma artificial, e os danos no corpo foram muito grandes. Pouco depois, P. morreu de ataque cardíaco.

A família suspeita que algo deu errado após a operação. Porque depois da cirurgia plástica de P. ela teve problemas de fígado e rins, e a pressão arterial sempre estava muito baixa. No entanto, o médico assistente contradiz as afirmações: não deve haver problemas durante e após a operação.

A família apresentou acusações de homicídio por negligência em 23 de dezembro, segundo o jornal brasileiro. Deve ser investigado se houve negligência médica. O relatório policial afirmou que o incidente foi supostamente uma lesão corporal involuntária. O Ministério da Saúde do Brasil agora vai investigar o caso. (o capítulo)



Fonte