O que muda a partir deste domingo, na fase de transição, na Baixada Santista

0
21

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Pelo decreto do Estado, boa parte dos segmentos podem retomar as atividades já neste domingo, enquanto outros setores, como restaurantes, bares e similares, além de academias e salões de beleza, somente retomam no próximo sábado, dia 24. No entanto, na Baixada Santista, os prefeitos anteciparam a reabertura destes setores também para este domingo, com decretos próprios.

Via de regra, pelo decreto do Estado, fica valendo, até 30 de abril:

Atividades comerciais, incluindo shoppings: das 11h às 19h, com 25% da capacidade de lotação

Atividades e cultos religiosos: liberados, com restrições

Confira os detalhes de outras atividades da Fase de Transição do Governo do Estado aqui

As cidades da região flexibilizaram um pouco mais para setores, que de acordo com o Estado, só abririam no sábado dia 24.

Confira, então, o que vale na Baixada Santista, a partir deste domingo, 18 de abril, na fase de transição do Plano SP

As informações foram coletadas nos decretos de quatro cidades da região: Santos, São Vicente, Guarujá e Praia Grande

Todos os estabelecimentos deverão funcionar com limite entre 25% e 30% da capacidade de público (conforme decretos municipais), uso de máscara, que segue obrigatório e disponibilização de álcool em gel.

Restaurantes, bares, quiosques e similares

Em Santos e Guarujá, restaurantes, lanchonetes e quiosques estão autorizados a funcionar para atendimento presencial, diariamente das 12h às 20h; já no Guarujá, o horário é das 10h às 19h e Praia Grande, que seguiu o decreto estadual, das 11h às 19h, assim como os bares para servir refeições ou lanches (a venda de bebidas alcoólicas ainda não está liberada). Os clientes têm uma hora para deixar os estabelecimentos após o encerramento do serviço.

Delivery e drive thru estão autorizados das 6h à meia-noite e retirada (take out) segue no mesmo horário do atendimento presencial.

Os shoppings também podem abrir neste horário, mas as áreas recreativas estão proibidas

Salões de beleza

Os salões de beleza, barbearias, cabeleireiros e clínicas de estética, poderão atender ao público das 10h às 18h e, em algumas cidades, como Guarujá, das 11h às 19h.

Atividades físicas

O acesso às praias da região segue autorizado exclusivamente para a prática de atividades físicas individuais, em Santos, das 7h às 11h e das 16h às 20h e Guarujá, das 5h às 10h e 16h às 20h. São Vicente e Praia Grande não restringiram horário. Estão proibidas a montagem, instalação ou funcionamento de barracas ou tendas e a colocação de cadeiras, guarda-sóis ou esteiras. Academias também vem seguir este horário de funcionamento.

As academias e estúdios também podem voltar a funcionar, cumprindo os horários estabelecidos em cada decreto municipal.

Ambulantes

O comércio de ambulantes está autorizado, cumprindo os horários divulgados nos decretos de cada município.

Feiras

As feiras livres também estão autorizadas a funcionar conforme os decretos municipais, com espaçamento mínimo entre as barracas de dois metros. Feirantes devem fazer uso contínuo de máscara e oferecer álcool em gel para funcionários e clientes. As feiras devem ser ladeadas por gradis, restringindo o acesso apenas pelas pontas.

Bancos
Os bancos estão autorizados a funcionar para atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, organizando filas de espera com espaçamento de três metros para evitar aglomerações.

Toque de recolher

O toque de recolher continua em vigência em todo o Estado, das 20h às 5h, assim como a orientação para o teletrabalho para as atividades administrativas não essenciais e escalonamento de horário na entrada e saída das atividades do comércio, serviços e indústrias. A próxima atualização do Plano SP acontecerá a partir do dia 1 de maio.

Confira os decretos de Santos, Guarujá, São Vicente e Praia Grande



Fonte