Operação Sorriso retorna a Porto Velho para operar crianças com fenda palatina

0
30

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

Missão será a primeira na cidade desde o início da pandemia e acontecerá entre os dias 6 e 10 de dezembro

A Operação Sorriso, organização que promove cirurgias gratuitas para pessoas nascidas com fissuras labiopalatinas, realizará a sua 7ª missão humanitária na cidade de Porto Velho (RO) entre os dias 6 e 10 de dezembro, em parceria com a JIRAU ENERGIA, com recurso financeiro subsidiado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Os atendimentos serão restritos a 35 crianças com até 4 anos de idade e que foram pré-selecionadas em conjunto com o Núcleo de Atendimento ao Paciente Fissurado (Nufis).

As crianças passarão por uma triagem realizada pela equipe voluntária da Operação Sorriso. Durante esta etapa, os pacientes são avaliados para garantir que estão em condições clínicas ideais para que possam ser operados. As especialidades envolvidas na triagem são: Anestesia, Cirurgia Plástica, Enfermagem, Fonoaudiologia, Histórias Clínicas (montagem do prontuário médico), Odontologia, Pediatria, PIT (Imagem Técnica do Paciente) e Psicologia.

Após a triagem, a equipe médica definirá as prioridades e a programação das cirurgias de correção de fenda palatina, que serão realizadas pelos voluntários da Operação Sorriso no Hospital Santa Marcelina. Os pacientes operados ficarão em observação durante 24 horas e a consulta pós-operatória acontecerá no dia 14 de dezembro, quando as crianças serão reavaliadas para garantir que a sua recuperação seja a melhor possível.

A realização das missões na cidade é possível graças a uma forte parceria da organização com a JIRAU ENERGIA, empresa que patrocina os programas médicos da ONG na região. “É com imensa satisfação que apoiamos mais uma missão da Operação Sorriso em Porto Velho. A iniciativa é de suma importância, pois melhora significativamente a qualidade de vida de muitas famílias e é com bastante alegria que estamos retomando essa ação”, destaca Veríssimo Alves, gerente de Meio Ambiente e Socioeconomia da JIRAU ENERGIA.

Desde 2014, quando aconteceu a 1ª missão humanitária da Operação Sorriso em Porto Velho, cerca de 700 famílias da região já foram atendidas pela ONG. Ao todo, foram realizadas 6.003 consultas médicas e 380 crianças e adultos foram operados – todos os procedimentos foram 100% gratuitos.

Segurança e prevenção à COVID-19 na missão

A Operação Sorriso está adotando protocolos rígidos para garantir a segurança e a saúde de pacientes e seus familiares, voluntários, equipe e colaboradores do hospital. Entre as medidas implantadas, estão:

· Redução superior a 50% no número de pacientes triados e de profissionais e voluntários envolvidos na missão;

· Apresentação de um exame RT-PCR com resultado negativo para COVID para toda a equipe e voluntários com o intervalo máximo de 48 horas antes do embarque para Porto Velho;

· Realização periódica de testes durante a missão (familiares, pacientes e todo o time da ONG);

· Exigência da vacinação (uma dose da vacina da Jansen ou duas doses nas vacinas do Instituto Butantan/Sinovac, Astrazeneca/Fiocruz ou Pfizer) para todos os voluntários, profissionais e acompanhantes envolvidos;

· Uso obrigatório de máscaras a todas as pessoas que estiverem na missão e de todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da saúde de acordo com as suas atividades na missão;

· Presença da Dra. Giselle Lopes Pereira como coordenadora de Prevenção à COVID-19 durante a missão para avaliação e manutenção de todos os protocolos necessários.

Treinamento educacional em Odontologia

Além dos atendimentos e cirurgias aos pacientes, a passagem da Operação Sorriso por Porto Velho também servirá para a realização de uma ação educacional, com foco nos seguintes temas: modeladores nasais, ortopedia funcional precoce e preparo de enxerto. O treinamento será ministrado a quatro odontologistas locais pela Dra. Daniela Bueno, voluntária da ONG na área de Odontologia, no Hotel Garden, no dia 4 de dezembro. O objetivo da ação é promover a capacitação destes profissionais para o atendimento às pessoas com fissura labiopalatina, fortalecendo a rede de saúde da região.

Sobre a Operação Sorriso

É uma das maiores organizações médicas voluntárias do mundo e atua por meio da realização de missões humanitárias, onde são atendidas crianças e adultos com fissuras labiopalatinas. A Operação Sorriso já realizou 80 missões humanitárias no Brasil desde 1997, operando gratuitamente 5.758 pessoas com fissuras.

Para realizar a ação, a associação conta com um time de 232 profissionais voluntários da saúde e de outras áreas, reúne suprimentos e mobiliza toda a estrutura cirúrgica, inclusive os equipamentos, para as regiões mais remotas do país, onde há poucos centros de tratamento especializados. O objetivo não é apenas fornecer atendimentos e cirurgias, mas também devolver o sorriso, a autoestima e a perspectiva de inclusão social para pessoas em situação de vulnerabilidade e/ou que não possuem condições de arcar com o custo do tratamento.

Assessoria.

Foto: https://www.operacaosorriso.org.br/.





Fonte