Otorrinolaringologista é a nova especialidade da Policlínica de Timon

0
289

Lima & Santana Propaganda, sua agência de publicidade e propaganda em Santos

.

A unidade ambulatorial de Saúde “Dr. Antônio Martins Albuquerque Pedreira”, mais conhecida como a Policlínica de Timon, agora conta com mais uma especialidade médica: a otorrinolaringologia, que trata de doenças do ouvido, nariz, faringe, cabeça e pescoço.

 

 
 

 

Com uma demanda de 8 mil atendimentos por mês, de média e alta complexidade, da zona urbana e rural de Timon (além de alguns pacientes das cidades de Matões, São Francisco e Parnarama), a Policlínica disponibiliza essa nova especialidade às quartas-feiras, com agendamento feito por meio de triagem, via Sistema Único de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Marcio Sá, reforça que o atendimento clínico em otorrinolaringologia era uma necessidade da população e que a gestão do prefeito Luciano Leitoa tem avançado na implantação de novas especialidades médicas.

“A Policlínica de Timon foi reaberta no início da primeira gestão do prefeito Luciano Leitoa, tornando-se responsável pelos atendimentos ambulatoriais do município e hoje ela disponibiliza à população 25 especialidades médicas, exames e procedimentos cirúrgicos de pequeno porte, como biópsias”, detalhou o gestor de Saúde.

Funcionamento e Especialidades

Funcionando de segunda a sexta, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h, a Policlínica disponibiliza as seguintes especialidades: angiologia, cardiologia, pediatria, clínico geral, endocrinologia, dermatologia, enfermagem, fonoaudiologia, gastroenterologia, neurologia, neuropediatria, oftalmologia, ortopedia, pneumologia, coloproctologia, psicologia, urologia, fisioterapia, cirurgia plástica, estomaterapia, reumatologia, psiquiatria, cirurgia geral, pequenas cirurgias, e otorrinolaringologia.

Entre os exames, estão: exames laboratoriais e bioquímicos, baciloscopia, exames de escarros, eletrocardiograma, eletroencefalograma, ecocardiogramas, teste ergométrico, mapa, holter, videocolonoscopias, retossigmoidoscopias, ultrassonografias (exceto músculo-esqueléticas), pequenas cirurgias: exérese (retiradas de sinais, lipomas, corpo estranhos, drenagem, etc), retiradas de fios, infiltrações de queloides, eletrocoagulação, endoscopias digestivas, biópsias e tomografia computadorizada.



Fonte